quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Mercados Hoje

Ata do copom relata cenário benigno para inflação

Saiu hoje a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) retratando uma certa preocupação do Banco Central em atingir a meta da inflação em 2010. O rítimo de inflação medido pelo IPCA aumentou nas últimas semanas e deixou as autoridades em alerta pois a demanda interna continua muito aquecida devido ao aumento do emprego e renda somada a facilidade de acesso ao crédito da população. Na verdade o Banco Central interrompeu o rítimo de aumento da selic cedo demais (a decisão pesou mais pelo lado político do que econômico), na ocasião o mercado aceitava mais um aumento em 0,50 pontos na selic o que levaria a taxa aos 11,25% e provavelmente fecharia dentro da meta dos 4,5% de inflação para 2010. Ao que tudo indica deveremos fechar 2010 com inflação fora da meta entre 5% a 5,3%.

No cenário econômico internacional os mercados continuam voláteis no intraday e com dificuldades para fechar no azul. Nem mesmo a boa notícia de queda pela terceira semana consecutiva do número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos deixaram os investidores animados para irem as compras. Muitos estão aguardando a agenda pesada da semana que vem com eleições americanas e anúncio dos incentivos econômicos pelo FED. Incentivos estes que devem ser realmente da casa de US$ 1 trilhão para baixo como informou ontem o The Wall Street Journal pois os pedidos de auxílio-desemprego estão diminuindo mostrando um certo reaquecimento no mercado de trabalho norte-americano. Dow Jones testou mais uma vez a linha central de bollinger e plotou um candle chamado spinning top, que significa indecisão. Volume continua descendente e dificilmente conseguirá subir com baixo volume.


Ibovespa também bastante volátil no intraday, ensaiou até um rompimento definitivo da linha central de bollinger mas não resistiu e fechou abaixo desta região novamente confirmando o traçado da linha de tendência de baixa (LTB) indicando mercado baixista e perigo de se formar um topo descendente no curto prazo. Do lado positivo conseguiu se manter acima da resistência psicológica dos 70k. Em caso de maiores realizações o suporte de 68.5k é o mais importante que deverá ser defendido com unhas e dentes pela força compradora. Destaque positivo para o repique das castigadas siderúrgicas do índice bovespa que impediram uma queda maior da bolsa paulista. Amanhã é fechamento de outubro, portanto atenção redobrada pois muitos gestores de fundos costumam liquidar posições para fechar o mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário