segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Mercados Hoje

Semana já começa em tom de cautela com G20

A reação dos demais países em relação as políticas de incentivo econômico dos Estados Unidos demonstraram como será a próxima reunião de cúpula do G20 nesta quinta-feira (11/11/2010). Cautela foi a palavra de ordem no mercado desta segunda-feira, enquanto os investidores aguardam novidades no setor econômico, em especial, o teor do encontro de cúpula do G20. Os dois principais protagonistas desta guerra cambial (China e Estados Unidos) precisam rever suas políticas monetárias neste encontro e firmarem um acordo com prazos e metas a serem cumpridas, caso contrário vai continuar sobrando chumbo pra todo mundo.

Pressionadas por ações de instituições financeiras e pela valorização do dólar frente outras moedas, as bolsas de valores norte-americanas recuaram nesta segunda-feira em um movimento de realização de lucros puxado pelo setor financeiro conforme podemos verificar no Dow Jones US Banks em um movimento corretivo após as três fortes altas dos últimos dias. Na verdade este movimento do Dow Jones é decorrente de uma queda técnica, pois seus indicadores estavam e ainda estão puxados demais e com bastante espaço para realização de lucros, inclusive pode-se retestar a região rompida da zona de congestão em 11.2k que não irá atrapalhar em nada esta pernada de alta mais inclinada que vem dos 10k.


Ibovespa conseguiu se safar do movimento de realização de lucros nesta segunda-feira devido ao seu grande peso no setor de commodities. O Commodity Related Equity continua disparando e já está nos 887 pontos beneficiando quem está posicionado em vale, petro e siderúrgicas. Já o índice bovespa em geral não está conseguindo subir o tanto que deveria com essa alta nas commodities pois algumas middles/small caps que haviam subido bastante nas semanas anteriores continuam em movimento de realização de lucros e com isso acabam impedindo uma alta maior do ibovespa. O candle de hoje foi um doji de indecisão mas tem espaço para continuar caindo, principalmente porque as bolsas na Europa e Estados Unidos estão em nível crítico de sobrecompra e podem continuar realizando lucros no curto prazo.

2 comentários:

  1. Fi,

    Aguardemos...
    Que momento estranho viu. Tudo muito nebuloso ainda.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Correto.

    A reunião do G20 joga uma pressão a mais nos mercados pois as bolsas estão em alto nível de sobrecompra. Os índices tem um certo espaço para realização de lucros sem comprometer a tendência de médio/longo prazo, porém quanto mais aumenta o nível de sobrecompra maior poderá ser a pancada quando o mercado for corrigir. A vantagem disso é que estamos aumentando a "gordura pra queimar"

    Abcs,

    ResponderExcluir