terça-feira, 9 de novembro de 2010

Mercados Hoje

Ibovespa derrapa com possível aumento do compulsório.

A forte baixa sofrida pelo setor financeiro do ibovespa justificou porque o índice caiu tanto em relação as demais bolsas ao redor do mundo. Existem boatos de que Banco Central estaria prestes a anunciar um aumento do depósito compulsório. A medida restringiria a oferta de crédito no país, ajudando a enfrentar a inflação sem a necessidade de um aumento no juro. Por meio do depósito compulsório, o Banco Central obriga os bancos a depositar em uma conta no próprio BC parte dos recursos captados dos seus clientes nos depósitos à vista, a prazo ou poupança. Aumentando o compulsório os bancos passam a ser obrigados a depositar mais dinheiro nesta conta do BC sobrando assim menos dinheiro para se emprestar ao mercado, com menos capital disponível para empréstimo o valor do crédito aumenta e o consumo cai aliviando a inflação.

Nos Estados Unidos, Dow Jones foi impactado pela queda de ações ligadas aos metais. O mercado virou a mão nos preços do ouro e prata que vinham em um forte rally de alta, o dia amanheceu com preços subindo mas fechou em forte baixa em uma reversão que pegou muita gente de surpresa. O setor financeiro americano também fechou em forte baixa conforme verificado no gráfico do Dow Jones US Banks contaminando assim o índice Dow Jones e S&P500. Apesar da queda sofrida hoje, Dow Jones ainda tem espaço para continuar realizando lucros rumo a região de suporte da congestão recém rompida em 11.2k. Seria bom não perder esta região para não caracterizar o rompimento da congestão como bull trap (tapa de touro, indicando falso rompimento).


Ibovespa pressionado pelas perdas do setor financeiro explicadas no primeiro parágrafo deste artigo voltou para dentro da zona de congestão. Não conseguiu se manter acima dos 72k e está indicando falso rompimento desta importante linha de resistência. A situação no curto prazo continua favorável a mais quedas buscando primeiramente a linha central de bollinger em aproximadamente 71.2k. Por enquanto esta baixa é saudável e perfeitamente normal para manutenção da tendência de alta no médio prazo.

2 comentários:

  1. Puts, aumentar o compulsório nesta época do ano onde o crédito aumenta significativamente devido ao natal?

    Acho que não adiantará muito como medida para conter a inflação, afinal, pagando caro ou não, o consumidor não deixa de ir às compras de final de ano.

    abraço!

    ResponderExcluir
  2. Selic em 10,75% não suporta este crescimento todo a base de consumo. Não tem jeito, o BC vai ter que aumentar o juro mais cedo ou mais tarde (e quanto mais tarde, pior). Acho impossível fechar o ano dentro da meta de 4,5% de inflação, o aumento do compulsório é uma saída pra tentar esfriar o consumo mas como você mesmo disse, nessa época do ano fica difícil.

    E pra quem acredita em esfriamento do mercado imobiliário, os sinais já começaram a aparecer: crédito poderá ficar mais caro, provável aumento na selic..

    Abcs,

    ResponderExcluir