terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Mercados Hoje

Disparada inesperada dos Treasuries mudou completamente o rumo das bolsas

O pregão desta terça-feira tinha tudo pra fechar com uma alta considerável de 1% ou mais devido a notícia anunciada ontem a noite pelo presidente dos Estados Unidos - Barack Obama - no qual foi fechado um acordo tributário com parlamentares republicanos para renovar os cortes de impostos implantados no governo Bush por mais 2 anos. Esta medida deverá injetar mais US$ 800 bilhões na economia norte-americana, é praticamente um Quantitative Easing 3 disfarçado. Mas nem tudo são flores no mercado de capitais e quem acompanhou o pregão na tarde de hoje pode observar o mercado virando a mão.

Os Yelds dos Treasuaries dispararam e afetaram em cheio as bolsas de valores. Entendeu alguma coisa? Calma que irei explicar, os Yelds são os rendimentos (ou juros) e os Treasuries são títulos da dívida pública do governo americano. O que aconteceu nesta tarde foi que os Estados Unidos tiveram que rolar sua dívida captando dinheiro no mercado vendendo Treasuries (até aí tudo bem, isso é normal) porém tendo que pagar um juro maior aos investidores compradores de Treasuries, consequentemente o dinheiro ficou mais caro pro governo porque os investidores não estão tão confiantes assim em comprar dívida do governo americano. Apenas para efeito comparativo os yelds da dívida pública de Grécia e Irlanda antes de receberem o pacote de socorro estavam nas alturas.

Pela análise técnica podemos perceber que Dow Jones atingiu seu objetivo exatamente nos 11.450 pontos avisados no post de ontem. Após o teste nesta região o índice sofreu uma forte onda vendedora e fechou com um candle do tipo gravestone indicando indecisão dos mercados, mas o sinal de reversão foi emitido no pregão desta terça-feira, viés de baixa com objetivo inicial nos 11.250 pontos.


Ibovespa que vem apresentando um desempenho bem tímido nas últimas semanas não deixou por menos e fechou com um baita candle de topo abaixo da linha central de bollinger formando uma nova LTB (linha de tendência de baixa) e confirmando o cruzamento bear das médias móveis simples de 20 e 50 períodos. O fechamento abaixo do patamar psicológico dos 70k constantemente citado em minhas análises favorece ao aparecimento de operações vendedoras. Ficamos quatro pregões colados neste patamar sem apresentar rompimento, quando as compras entraram acima dos 70k as vendas apareceram rapidamente. Mercado está cheio de baby-bears e eles estão aprendendo a operar muito bem na venda, deixando romper a resistência para abrir venda estopando as compras de curtíssimo prazo.

2 comentários:

  1. FI,

    Estou aqui diariamente lendo e aprendendo com sua análises.
    Parabéns!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado!

    Mercado é aprendizado constante, eu mesmo acabo aprendendo com as minhas próprias análises rs..

    Abcs,

    ResponderExcluir