segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Mercados Hoje

Mais 100 bilhões de euros para Portugal

Esse é o boato que está circulando na imprenssa internacional que fez abalar os mercados no continente europeu nesta segunda-feira. Durante os últimos dias, vários jornais informaram que os governos da Alemanha e da França teriam pressionado Portugal para que aceitasse o mais rápido possível o plano de ajuda financeira. Os governos dos países envolvidos negam o fato, é claro, da mesma foram que negaram quando a Grécia e Irlanda precisavam de um socorro financeiro. As bolsas européias cederam, DAX (Alemanha) que estava muito puxado entrou em correção conforme havíamos comentado nas últimas análises.

Em Wall Street a situação se acalmou no final do dia mas Nova York não conseguiu reverter a tendência de baixa iniciada a 3 dias atrás quando Dow Jones marcou topo em 11.740 e S&P500 em 1.280 pontos. Os índices subiram relativamente bem no mês passado e ficaram puxados demais chamando uma realização de lucros que no momento é saudável e não interfere na tendência de alta de médio prazo. O mercado também está com uma boa perspectiva para os balanços corporativos nos Estados Unidos que por sua vez ofuscaram os temores de que Portugal seja forçado a buscar ajuda.


No Ibovespa podemos reparar que o índice deu uma bela subida após respeitar a média móvel simples de 200 períodos provavelmente ocasionada por encerramento de posições vendidas. Quem estava apostando que o índice iria perder esta média importante e os 67.2k no qual comentávamos mês passado teve que liquidar posições forçando ainda mais a pressão para subir. Subiu rápido e agora está realizando lucros na média móvel simples de 50 períodos mas podendo tocar a média simples de 20 períodos e armar um pivot de alta nesta região. Formou-se um perigoso canal de baixa, portanto operações compradas continuam com target muito curto, chegou perto da linha tem que liquidar e deixar o mercado definir a tendência. Estamos voltando esta semana e com o tempo vamos pegando no tranco. Sucesso à todos neste ano e bons negócios!

Nenhum comentário:

Postar um comentário