quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Mubarak fica no poder

Em um discurso frustrante nesta quinta-feira o ditador egípcio Hosni Mubarak anunciou que irá transferir alguns poderes ao seu vice (Suleiman), mas que não irá renunciar ao seu cargo até setembro deste ano. O pronunciamento de Mubarak, logo após o "dia D" no Egito que deixou os mercados em alerta,  provocou raiva nas ruas do Egito deixando muitos manifestantes indignados com a situação. O ditador egípcio também não cedeu à pressão internacional para que seja feita uma transferência de poder e remarcação de novas eleições. Parece que ele não está entendendo a magnitude dos problemas que o seu governo e suas atitudes estão causando ao país, pelo menos 300 pessoas já morreram nos protestos contra Hosni Mubarak e para amanhã está marcada mais uma nova manifestação batizada de "Dia dos Mártires". A situação no país permanece tensa e periogosa e a economia vai acumulando prejuízos milionários.

A notícia boa do dia veio dos Estados Unidos, o número de pedidos de auxílio-desemprego caiu em 36 mil para 383 mil na semana encerrada no dia 5 de fevereiro. O dado veio melhor que as estimativas de queda para 410 mil pedidos. Mesmo assim não foi suficiente para levantar Wall Street, é claro, os índices estão "pesados" demais e fica difícil subir com tamanha sobrecompra. Dow Jones oscilou pouco, deixando um doji de indecisão, porém o volume aumentou bastante. Amanhã podemos ter surpresas.


No cenário doméstico o Ibovespa, descolado de Wall Street, respirou no pregão desta quinta-feira após a pancada de ontem. O movimento de repique chegou a testar a região dos 64.9k mas não teve forças para se sustentar neste patamar e cedeu no final até a região dos 64.5k. O candle de hoje não é um martelo invertido, mas de qualquer forma deixa a oportunidade para se iniciar um repique mais consistente que busque pelo menos um toque na LTB mais rápida (a mais curta em vermelho). Por enquanto os trades comprados contra a tendência continuam com um spread muito curto, tem que ser assim até a pancadaria se acalmar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário