quinta-feira, 28 de abril de 2011

Bovespa, terra de ninguém

O jornal britânico Financial Times afirmou nesta quinta-feira que a Bovespa está enfrentando uma constante desvalorização e pode se tornar uma "terra de ninguém". O artigo frisa que a equipe do governo deveria tomar medidas efetivas para evitar a debandada de investidores da Bovespa. O Financial Times também acredita que o Brasil pode ter um crescimento econômico satisfatório de 4,5%. É o que estamos sempre cobrando aqui no Finanças Inteligentes, maior atuação e atitude do governo em sua política econômica. Para o mercado voltar a subir é primordial que o governo passe a transmitir mais confiança aos investidores. E como reconquistar esta confiança dos mercados? Será que sobram palavras e faltam atitudes?

Primeiramente fazer o dever de casa combatendo a inflação que está em rítimo acelerado, cortar mais os gastos públicos que estão "estratosfericamente" altos, parar com as intervenções e medidas absurdas para controlar o câmbio e realizar as reformas tributária e trabalhista. De fato é sonhar muito achar que todas essas medidas serão realizadas por este governo, porém se pelo menos o combate à inflação fosse mais rigoroso a situação poderia ser bem diferente.

Um outro ponto que merece destaque na expressão "terra de ninguém" é a forma como os grandes players estão conseguindo se impor ao mercado. Mais uma vez aconteceu. Um dos papéis mais líquidos da Bovespa (OGXP3) despencou 7% no intraday do pregão de hoje e fechou no positivo com 1,28% de alta. É realmente incrível ver isso acontecer com um papel que gira um volume financeiro muito alto, provavelmente a operação foi de "rapa-stop" e levou muita gente nesse movimento. Na Bovespa o dia foi de mais quedas porém com uma recuperação no final do pregão após o teste na região dos 65.2k que é o último suporte antes dos 64k. Vendedores seguem fazendo a festa, o mercado está muito "fácil" pra eles.


Em Wall Street as bolsas subiram mesmo com o anúncio de que a economia norte-americana cresceu 1,8% no primeiro trimestre de 2011, contra expansão de 3,1% no quarto trimestre do ano passado (o número veio abaixo do esperado pelo mercado de 2%). Dow Jones vai subindo. Pela análise técnica, após o rompimento do último topo histório deste ano o índice já subiu mais de 300 pontos já chegando perto dos 12.8k.

6 comentários:

  1. FI,

    Infelizmente, o Brasil virou Terra de Ninguém. A Bovespa só reflete o resultado de um governo populista, corrupto, incompetente e clientelista. Nunca vi tantos Ministros e Ministérios na minha vida. Temos o Ministério do ouvido direito e outro do ouvido esquerdo. Amanhã, abrem o Ministério dos Surdos... Teremos trem bala, mas não temos asfalto. Teremos estádio de 1 bilhão de reais no Amazonas, mas não temos escolas nem hospitais. Não existem prioridades reais: existem prioridades políticas, eleitoreiras e por onde o dinheiro público possa "escoar" mais rapidamente para os bolsos dos gafanhotos que atrasam o futuro deste país. O PT tomou de assalto o conselho de Administração da Petrobrás e tenta fazer o mesmo com a Vale - que se dane a meritocracia e competência profissional. Inflação explodindo e diziam que o FHC havia deixado uma "herança maldita" (mentira tem perna curta, barba e 4 dedos na mão). Estamos nos "Venezuelando" bem disfarçadamente... Pena que eu já sabia da farsa.

    ResponderExcluir
  2. FI,

    Acho a expressão um pouco exagerada, mas entendo bem o sentido dela.
    Agora, como você já havia alertado em post anterior, realmente é preocupante alguns poucos influenciarem tanto a demanda por um papel ao ponto de afetar tão drasticamente o preço dele e influenciar o índice de forma tão direta.
    Quanto ao governo, não tem o que falar. Quem terá fosse feito tudo que vc escreveu no segundo parágrafo.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Heavy Metal,

    Difícil de acreditar que estamos cavando um buraco em plena fase de crsecimento dos países emergentes. O país enfrenta um duro processo de desindustrialização, carga tributária sufocante, inflação alta, juros altos, infraestrutura precária, baixa educação, inchaço da máquina pública e ainda temos que aturar as maluquices de um Ministro da Fazenda (que disse no ano passado que o gasto público não gera inflação), um Banco Central que não atua como Banco Central e uma presidente alienada à manutenção de um idelal partidário que comecou a 8 anos atrás chamado populismo.

    Abcs,

    ResponderExcluir
  4. Jônatas,

    Quem dera mesmo, vamos torcer para que pelo menos a inflação o governo consiga controlar que até agora demonstrou amadorismo em lidar com um problema tão básico na economia. Poderíamos estar em situação melhor não fosse a "lambança" que fizeram nos últimos anos.

    Esse caso da OGX assusta, mostra o poder dos grandes players. As corretoras conseguem enxergar onde ficam os stops e limparam todos na OGX ontem. Esse é o nosso mercado, a logomarca da BMFBovespa deveria ser: "salve-se quem puder" rsrs...

    Abcs,

    ResponderExcluir
  5. Só para completar, ontem tentaram na petr4 também "rapar os stops", ao que parece não deu certo, ao meu ver não tem fundamento a petro com cotações de 2006!! Empresa que dá lucro, paga dividendos bons, grande potencial de crescimento, então o que passa na petro??? Sempre foi com participação majoritária do governo e não patinava assim; Posso estar enganado, más me parece uma manobra dos grandes players para acumulação;
    Ivan
    Ivan

    ResponderExcluir
  6. Ivan,

    Quando começou a aparecer os podres políticos dentro da petro o papel mudou sua trajetória no longo prazo que era de alta para baixa. Desde então o papel vem caindo e nesta trajetória passamos por uma capitalização confusa (ano passado), manobras contábeis do governo em cima da empresa e a última é de que a petro estava comprando gasolina no mercado internacional e vendendo no prejuízo aqui no Brasil (devido a incidência inacreditável de impostos). Os planos de investimento e capitalização diluem a participação do investidor na empresa e tem muito fundo que pulou fora por causa disso.

    Vejo petro boa pra um day-trade ou swing-trade. Mas pra longo prazo ainda não, ela pode estar barata mas não sabemos até quando ela ficará barata. As vezes esquecemos do princípio básico da análise técnica, "opere a favor da tendência". E no momento a petro é tendência de baixa. Puxe o gráfico de uma HGTX3 ou AMAR3 para comparar a diferença de tendências.

    Abcs, bons trades

    ResponderExcluir