sexta-feira, 8 de abril de 2011

Quem disse que o preço da gasolina não vai aumentar?

A presidente Dilma querendo ou não o preço da gasolina já está subindo, basta observar nos postos de combustíveis que já houve aumento no preço da gasolina, lentamente o preço vai subindo e você vai sendo enrolado por acreditar no que o governo está dizendo. Com o preço do barril de petróleo subindo há várias semanas sem mostrar sinal de correção mais forte a Petrobrás vem pleiteando um reajuste mas o governo está "barrando", na verdade isso tudo parece mais um jogo de cena para o governo não perder sua popularidade. Mesmo sendo um dos grandes produtores de petróleo no mundo o Brasil apresenta uma das gasolinas mais caras entre os grandes produtores, justamente porque a carga tributária sobre o combustível aqui é muito alta.

O aumento da gasolina está sendo provocado por dois motivos: primeiro no mercado externo, o preço do barril de petróleo não para de subir, segundo devido a recente disparada no preço do álcool nas bombas, consequência da valorização do açúcar no mercado internacional. A produção foi menor e o preço internacional do açúcar está muito competitivo. As destilarias preferem portanto produzir açúcar, e não etanol. Olhando para o gráfico do petróleo tipo light, negociado em Nova York, podemos verificar que o preço do barril já passa da casa dos 113,00 dólares rompendo último topo ascendente. Reparem que essa disparada começou em fevereiro, portanto já são dois meses de alta, os preços já estão trabalhando em outro patamar.

 
No cenário interno, o principal índice das ações brasileiras fechou em baixa nesta sexta-feira, com a incerteza do mercado quanto a futuras medidas do governo sobre inflação e câmbio intensificando a realização de lucros em diversos ativos do Ibovespa. A falta de clareza sobre a trajetória da política monetária está deixando muitos investidores com o pé atrás, inclusive os estrangeiros. Quem está sustentando as compras nas últimas semanas na Bovespa são os investidores institucionais. Sabe-se lá qual estratégia estão utilizando, talvez estejam protegidos com hedge nos futuros. No gráfico semanal do índice bovespa podemos reparar o candle perto da LTB que vem do TH que pode sugerir topo no curto prazo, será crucial não perder os 68.2k na semana que vem, caso contrário as vendas poderão aumentar de intensidade.


Em Nova York a semana foi de poucas oscilações, Dow Jones quase não saiu do lugar e acabou deixando um doji de indecisão na linha de seu último topo ascendente. Pode sugerir uma nova realização de lucros na semana que vem, mas de qualquer forma a tendência de alta no médio prazo segue firme.


Na Europa a queda foi maior com a crise nuclear japonesa e conflitos no mundo árabe portanto a recuperação está um pouco mais atrasada em relação a Wall Street. DAX (Alemanha) ainda tem espaço para buscar o seu último topo ascendente, já são 3 semanas seguidas de altas consecutivas trabalhando agora acima da linha central de bollinger.


No mercado asiático a bolsa de Xangai conseguiu anular o candle da última semana e fechou com uma bela alta chegando próximo da resistência de sua LTB do grande canal de baixa. As bandas de bollinger estão se abrindo sugerindo que o movimento deverá continuar na próxima semana, a pernada de alta foi iniciada aos 2.700 pontos e o índice já trabalha na casa dos 3.000 pontos, "estranhamente" nosso mercado não acompanhou devidamente a puxada dos emergentes nos últimos meses.

2 comentários:

  1. Olá, exelente post, o mercado está numa verdadeira encruzilhada devido ao dolar, há de se perguntar, e agora ministro??? Porque tanto medo dos especuladores???
    Creio que alguma coisa tem que acontecer, enquanto isso nada há fazer, só acompanhar o desenrolar.
    Bom final de semana!!!
    Ivan

    ResponderExcluir
  2. Ivan,

    É um verdadeiro jogo de xadrez, como não posicionamos bem as peças no início do jogo, agora estamos presos sem jogada...

    Bom final de semana!

    ResponderExcluir