terça-feira, 10 de maio de 2011

Não subestimem a China

No mês de fevereiro deste ano a China registrou um déficit comercial de 7,3 bilhões de dólares, em março, o gigante asiático alcançou um pequeno superávit comercial de 140 milhões de dólares, hoje a China divulgou o seu resultado para o mês de abril: superávit de 11,43 bilhões de dólares. Os dados de hoje da balança comercial chinesa deixaram o mercado de queixo caído, o resultado veio muito acima do esperado mostrando a força que tem a economia chinesa (juntamente com o seu câmbio artificialmente baixo) e acabou impulsionando o mercado de commodities que injetou ânimo nas bolsas mundiais.

As exportações chinesas cresceram 29,9%, aos 155,69 bilhões de dólares, enquanto as importações aumentaram 21,8%, aos 144,26 bilhões de dólares. Esses dados apenas confirmam o enorme potencial do mercado chinês, apresentando um dos melhores mercados consumidores a serem explorados no mundo inteiro. Mesmo com um superávit comercial as importações chinesas aumentaram 21,8% o que fez puxar ações de empresas de commodities (já que a China mostrou estar comprando mais e o país tem uma deficiência alta em energia, alimentos e matéria-prima).

Apesar desta notícia o Ibovespa subiu pouco e com volume financeiro abaixo da média novamente. O movimento de repique pode estar acabando se a região dos 65.2k não for rompida amanhã, pois este é um bom ponto para abertura de novas vendas de curto prazo no índice.


Em Wall Street o índice Dow Jones subiu embalado pelo resultado da balança comercial chinesa e também amparado pelas ações de empresas defensivas. O topo continua marcado em 12.8k com o MACD não acompanhando este repique de alta. A situação pede um pouco de cautela para abertura de novas posições compradas.

Um comentário:

  1. Olá adorei teu blog, Parabéns. Fique a vontade para visitar o nosso “Infoco da Graça - Humor e Curiosidades” e seja um seguidor especial.

    Infoco da Graça - Humor e Curiosidades

    ResponderExcluir