quarta-feira, 1 de junho de 2011

Ducha de água fria

Os investidores no mundo inteiro receberam um banho de água fria do mercado nesta quarta-feira com dados econômicos surpreendentemente ruins de ponta a ponta do planeta. Começando pela Ásia, o índice dos gerentes de compras (índice que mede a força da atividade industrial) na China caiu de 52,9 pontos em abril para 52 pontos em maio. A queda não foi muito grande mas é o segundo mês consecutivo de desaceleração da atividade industrial na China. A Índia também não ficou pra trás e mostrou redução de 0,5 ponto fechando o mês de maio em 57,5 pontos.

Na Europa, a agência de classificação de risco Moody's resolveu sentar a mão de vez no rating da Grécia, a agência rebaixou em mais de 3 degraus a nota grega (em moeda local e estrangeira) de Caa1 para de B1, em uma tacada só e ainda manteve sua perspectiva negativa para futuros novos rebaixamentos. Já o índice de gerente de compras da zona do euro também desacelerou, marcando 54,6 pontos em maio contra 58 pontos registrados no mês anterior. Abaixo das expectativas dos analistas.

O clima também azedou em Wall Street que acabou derrubando ainda mais os mercados. O índice que mede a atividade do setor manufatureiro nos Estados Unidos reduziu o ritmo em maio, seguindo o exemplo da Ásia e Europa. O indicador passou de 60,4 em abril para 53,5 pontos em maio, uma queda bastante expressiva denunciando que a economia americana está em processo de desaceleração. A criação de postos de trabalho do setor privado confirma esta tese, entre abril e maio foram criadas apenas 38 mil vagas de emprego. Número bem abaixo da expectativa do mercado que apostava numa criação de 178 mil postos de trabalho.

Diante de tantos indicadores econômicos ruins as bolsas na Europa e Estados Unidos fecharam em forte baixa. Dow Jones despencou 2,22% perdendo a região dos 12.4k após sentir a pressão da LTB e linha central de bollinger, fechou com um marubozu de baixa acionando novo pivot de baixa com aumento de volume. O índice pode buscar em breve a região de suporte nos 12.1k.



O Ibovespa também cedeu no pregão desta quarta-feira mas com uma intensidade menor. Caímos "apenas 1,87%" devido aquele famoso contrapeso, tantas vezes mencionado aqui no Finanças Inteligentes, que estão fazendo em papéis de grande representatividade no índice (Vale e Petro). Mas de qualquer forma o índice bovespa perdeu a linha central de bollinger e fechou com um marubozu de baixa projetando alvo primeiramente na região dos 63k.

2 comentários:

  1. E ai FI, o que você acha do IBov esse ano? Com tanta noticia ruim e incertezas pelo mundo muita gente tem achado que o Ibov vai buscar a casa dos 40 mil....

    ResponderExcluir
  2. Felipe Medeiros,

    Acho que vamos manter a congestão (58k a 72k) por mais algum tempo ainda, apesar de estar pirigando pra romper pra baixo. Não gosto muito de projetar mercado no longo prazo porque vira quase 100% chute, mas por enquanto o que eu consigo analisar é isso, mercado mantendo a congestão.

    Mas se olhar alguns papéis, o "ibov já caiu pra abaixo dos 40k"

    Abcs, bons negócios

    ResponderExcluir