segunda-feira, 31 de outubro de 2011

E pra Itália tem dinheiro?

Nem bem começaram as contribuições para a "caixinha de natal" europeia e o BCE (Banco Central Europeu) está tendo que desembolsar mais dinheiro para manter respirando os países periféricos na Europa. A rentabilidade dos títulos de dívida italianos e espanhóis subiram expressivamente nesta segunda-feira levando o BCE a comprar a dívida destes países. Na Itália por exemplo, o rendimento do título de 10 anos do país ficou acima dos 6%, devido as dificuldades recentes do governo para conter sua dívida.

Correm boatos no mercado de que há um plano de contingência em formação entre o FMI (Fundo Monetário Internacional), União Europeia e bancos centrais da zona do euro para intervenção direta na Itália e Espanha caso a crise da dívida arrebente de vez sobre esses países.

O número de pessoas desempregadas na zona do euro atingiu um novo nível recorde em setembro (16,198 milhões, cerca de 10,2% da população da região). Este é o maior número registrado desde que os dados começaram a ser compilados em janeiro de 1998. O alto número de desempregados na Europa é um reflexo das medidas de austeridade fiscal implementadas este ano, que produzem um efeito indesejado no curto prazo. Talvez por este motivo, a zona do euro pode estar prestes a entrar numa recessão (curto período de tempo) ao final deste ano ou início do ano que vem.

A concordata da MF Global, corretora de grande porte e com atuação internacional para mercados futuros e de opções, também colaborou para o clima de pessimismo no mercado. A empresa pode estar sendo prejudicada pelas constantes chamadas de margem dos últimos dias, além de ter uma exposição de 6 bilhões de dólares em dívida soberana da Europa.

É meus amigos, player também quebra no mercado, obviamente por manter posições arriscadas demais. A história é sempre a mesma, bem como a lição. O mercado não perdoa imprudência, basta uma "burrada" para você quebrar.

Com as bolsas pesadas, a realização de lucros foi mais do que bem vinda para os que estavam esperando este movimento, conforme alertávamos na semana passada. Acontece que as notícias negativas acionaram o "turbo" para correção nos mercados e a baixa foi expressiva. O índice Dow Jones deixou topo e fechou retestando a média móvel simples de 200 períodos, fazendo o papel de suporte juntamente com a LTA de curto prazo. Corre sérios riscos de perda deste patamar nos próximos dias.

Na Bovespa o dia também foi de queda expressiva, com direito a desova de posições no leilão de fechamento. Pode ser indício de institucionais embolsando lucros (foram eles que compraram fundo). O fechamento em queda marcou topo no gráfico diário, sendo que a região dos 58k fará o papel para segurar este sinal de reversão. Será difícil segurar nos 58k, pela sinalização dos candles, em nível de sobrevenda e possível término de uma pernada de alta bem abaixo do patamar psicológico em 60k.


Como é fechamento do mês, vamos observar logo abaixo como ficou o gráfico mensal do Ibovespa:


Houve um engolfo de alta, confirmando fundo temporário no gráfico, retornando a pontuação do índice para dentro das bandas de bollinger (corroborando para o movimento de alta no mês). Pode lateralizar ou manter a subida em busca da média móvel simples de 20 períodos nos próximos meses.

5 comentários:

  1. Parabéns pelo comentário. Voltando ao assunto das análises, gostaria de uma análise sobre a Klabin, vi que ela vem em baixa desde um tempo pra cá, se acentuando após a queda do dolar. Porém o seu TH não está muito acima do patamar atual da ação mesmo após este péssimo resultado do 3T..

    Obrigado
    Eduardo

    ResponderExcluir
  2. Senhores ,

    Tá de brincadeira esse mercado .Parece que o negocio e muito mais sério que a gente pensa, esse novo pacote , realmente , não ajuda em nada . Agora é a grécia de novo no auge da noticia , depois quem será , espanha ou portugal ou frança .Sinceramente o mercado está sofrendo abalos sistematicos .A melhor coisa a fazer , deixar a poeira baixar ....

    ass: AT

    ResponderExcluir
  3. Olá Eduardo,

    Eu também não gostei do resultado dela, e não gosto dos números da Klabin. DY baixo e ROE baixo me espantam de qualquer papel. Posso estar errado na minha avaliação, mas não arriscaria investir nessas condições, mesmo que fosse pra assumir um risco maior, iria jogar em outro setor.

    Ao longo do dia eu faço uma análise técnica dela e posto no menu pedidos de análises. Só não posto agora porque o mercado vai abrir bem nervoso, querendo panicar pra baixo.

    Abcs,

    ResponderExcluir
  4. AT,

    Sim, é o mercado volátil. Puxando muito forte pra baixo e pra cima. A mídia confunde muito as pessoas, falaram na semana passada que a UE havia encontrado uma solução para a crise, mas não é bem assim que se contorna uma crise de dívida soberana, que já se alastrou pelo sistema financeiro.

    Vamos monitorando.

    Abcs,

    ResponderExcluir
  5. Postei o gráfico da KLBN4, no menu pedidos de análises.


    Abcs,

    ResponderExcluir