terça-feira, 11 de outubro de 2011

Eslováquia x Mundo

Um pequeno pais do leste europeu, de economia irrelevante e com um passado tenebroso conseguiu dar o seu berro para o mundo inteiro. O parlamentares da Eslováquia rejeitaram as alterações propostas para a Linha de Estabilidade Financeira Europeia (o famoso fundo de resgate aos bancos europeus). Dos 150 parlamentares, apenas 64 votaram, os demais se abstiveram ou saíram do parlamento boicotando o plano de expansão do fundo, que exige aprovação da maioria absoluta do parlamento. A expansão dos poderes do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira prevê sua ampliação para 440 bilhões de euros, além do direito de comprar bônus soberanos nos mercados secundários e funcionar como uma instituição de empréstimos de último recurso para os bancos da zona do euro.

Todos os 16 países da zona do euro aprovaram a expansão do fundo, menos a Eslováquia. Esta reprovação impede que o plano siga em frente, pois necessita do aval de todos os 17 países membros da União Europeia. Mas porque a Eslováquia rejeitou esta ampliação? Jogo político e economia.

Aquele circo político ridículo que aconteceu nos Estados Unidos meses atrás, para ampliação do teto da dívida norte-americana, mostrou para o mundo inteiro a nova política do mundo moderno, onde os representantes políticos utilizam a sua ferramenta de trabalho para favorecer os próprios interesses (ou aos interesses dos partidos). A oposição na Eslováquia provavelmente irá apoiar a expansão do fundo europeu, mas já avisaram que irão fazer exigências rigorosas para votar em apoio ao governo.

Mas por outro lado a Eslováquia, até então irrelevante, pode estar mostrando ao mundo que não só de keynes vive a economia. O pais, com pouco mais de 5 milhões de pessoas, tem renda per capta (22.000,00 dólares) superior a do Brasil, permitiu a entrada do investimento estrangeiro direto, a grande maioria das empresas foram privatizadas (inclusive bancos), o Estado exerce pouca intervenção sobre a economia. Resultado: mesmo sendo um pequeno país de economia irrelevante, garantiu um crescimento econômico sustentado, minimizou a taxa de desemprego e conseguiu equilibrar suas contas públicas.

A Eslováquia é um dos poucos países que conseguiram reduzir os gastos do governo, hoje atualmente em 39% do PIB. Situação totalmente diferente da maioria dos países membros da União Europeia, com gastos astronômicos. A dívida do país também diminuiu, ao contrário do que aconteceu com estes mesmos paises da União Europeia, que se endividaram demais (estourando déficits) para sair da recessão provocada pela crise do subprime em 2008.

Ao contrário do que manda a teoria keynesiana, na crise os governos devem gastar tudo o que puder para estimular a economia, a Eslováquia em uma posição mais liberal, soube controlar muito bem os seus gastos, manter a economia girando e agora pode estar dando uma aula à muitos políticos do mundo inteiro, que adotam a teoria keynesiana por pura conveniência.

O movimento nas bolsas de valores continua o mesmo no qual relatamos no artigo: "Colocando os pingos nos "is". No Brasil, o Ibovespa conseguiu enfim realizar o teste na linha central de bollinger e fechou o pregão exatamente colado nesta linha. Poderá sofrer alguma resistência para rompê-la, em caso positivo o próximo alvo será a região dos 55k.


Nos Estados Unidos os mercados pararam para respirar. Dow Jones, um pouco mais pesado para comprar, oscilou pouco durante o dia deixando um doji de indecisão após o marubozu de ontem. A próxima resistência está na região dos 11.6k.

13 comentários:

  1. Eu achei essa história da Eslováquia tão engraçada que não pode ser verdadeira. Quer dizer... Imagino que tá rolando um circo pra disfarçar os acordos reais desta crise. Aí pegaram um país irrelanvante pra pararem de culpar Alemanha e França. É incrível como notícias "boas" e "ruins" alternam-se com regularidade. Pra quem tem sangue frio, e alguma técnica, tá muito bom de especular na Bolsa.
    Carla

    ResponderExcluir
  2. Carla,

    É possível mesmo, já que os políticos se abstiveram. Apenas uma minoria votou, amplamente à favor por sinal. Eu gostei dos números da Eslováquia que não conhecia até então. É verdade, depois da virada da semana passada o mercado mostrou muito bem o seu rumo para o curto prazo, limparam os baby bears.

    Abcs,

    ResponderExcluir
  3. Um detalhe é que Brasil entrou em baixa antes mesmo de ser pública esta crise européia, portanto ao meu ver qualquer alta é apenas repique para aliviar a pressão vendedora, o próprio governo daqui mostra-se um pouco desconfortavel com a situação, se piorar vão se perder, o bom de analizar o DJ é ser um gráfico muito técnico, observe nesta perninha de alta o volume só diminuindo, sinal de pura fraqueza, continua bem configurada a bandeira baixista, pode ser que dê uma louca no mercado e rompa para cima, más vejo mais provável o contrário.
    É incrível como as corretoras só veem o mercado em alta, não pode subir um pouco que já estão vendo o Ibov em 58K, é piada mesmo!!!
    Parabéns nas análises, amanhã feriado vai ter muita gente preocupada se lá fora retomar a tendência principal!!!
    Ivan

    ResponderExcluir
  4. Ivan,

    Sim, no Brasil a bolsa caiu bem antes, aquele gráfico do postei no fechamento do mês de outubro/2010 ajudou bastante para identificar o topo duplo no mensal. Além dos padrões técnicos o mercado estava caro aqui, a inflação estava aumentando (era quase certo que iríamos passar por um aperto monetário em 2011) e a Dilma tinha vencido as eleições. Não deu outra, entramos em bear market.

    Nossa, análise técnica pro Dow Jones e S&P funciona que é uma maravilha. Quando a BM&F disponibilizar o S&P aqui para o Brasil acho que vai todo mundo correr pra operar índice do S&P.

    Corretora não ganha dinheiro com mercado em baixa, o público-alvo delas é o pequeno investidor pessoa física, principalmente aquele inexperiente que leva stop até em mercado de alta. O fluxo dos PFs na bolsa é decrescente desde 2008 e só deverão voltar depois que o mercado subir bastante na minha opinião.

    Valeu,

    Abcs,

    ResponderExcluir
  5. Ivan
    Eu também "vejo" a bandeira de baixa. No DJI, neste repique, o volume é baixo, mas a LAD e o MACD são altistas. Acho que quer dizer apenas que é um bom repique. Mas será também que, não vão "dar uma folga" pra fim de ano, e deixar o mercado mais aliviado?...
    (Você frequentava o blog do Humberto, né?)
    Carla

    ResponderExcluir
  6. Finanças Inteligentes,aproveitando o gancho das
    Corretoras.saiu uma noticia ontem que a Moody's rebaixou o rating da força financeira e de depósito das subsidiárias brasileiras de bancos portugueses.afetando o BES Investimento (Banco Espírito Santo), o Banif e o Banif Banco de Investimento, todos com perspectiva negativa.
    Pergunta, eu tenho conta na Banif Corretora,sera que estou correndo algum risco ?
    O que me refiro é apenas ao dinheiro em conta Corrente,apesar, que se não me engano. tem um mecanismo que garante depositos ate R$ 60,0000,00
    Me Corrija se eu estiver errado.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  7. macr3,

    Existe um fundo, mais ou menos nos moldes do FGC, que garante o valor que estiver em sua conta corrente na corretora em até 70k (acho que o valor é esse e não os 60k). O único problema seria a demora e/ou dor de cabeça para reaver este dinheiro. A custódia você transfere rapidamente a partir de sua nova corretora, basta preencher um formulário. Vale ressaltar que em caso de uma quebra mais abrangente, acho difícil o fundo conseguir resgatar todo mundo, mas este cenário seria improvável no momento.

    Não é só a Banif que está passando por problemas. A MyCap está cortando funcionários para cobrir o prejuízo em torno de 18 milhões de dólares aqui no Brasil. A Gradual alterou o seu plano aumentando a corretagem cobrada gerando uma imensa insatisfação entre os seus clientes e muito provavelmente uma fuga para outras corretoras. E por aí vai...

    Um mercado do tamanho do Brasil com pouco mais de 500 mil investidores cadastrados na bolsa, é praticamente virgem para ser explorado pelas corretoras. Isso atraiu muito a atençao das corretoras, que entraram pesado no Brasil. Acontece que brasileiro não tem perfil de investidor (quanto menos em renda variável) e com um aumento da concorrência e estagnação da demanda as corretoras começam a sofrer com redução na margem de lucro. Algumas partiram para parcerias com escritórios de afiliados ficando com a parte boa do negócio e jogando o pepino para estes escritórios de agentes autônomos. Mesmo assim, o porte de uma Banif está bem acima de uma MyCap, Gradual, TOV ou Mirae da vida.

    Abcs,

    ResponderExcluir
  8. Obrigado pelos esclarecimentos.abusando mais um pouco.mesmo pelo o que voce me escreveu tenha me deixado mais tranquilo. e contando com a sua imparcialidade, o que em termos de custo/beneficio.
    o amigo me indicaria,pois indiferente a esse problema.já venho pensando em outra opção de corretora.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  9. Caro FI, pode fazer um comentário ou um artigo sobre os FIIs? Estratégias de compra, etc.. Obrigado.

    ResponderExcluir
  10. macr3,

    Vai depender mais do seu estilo de investidor. Você é mais buy & hold ou trader? Se for buy & hold eu ficaria operando pelas corretoras dos próprios bancos (Bradesco, Itaú...), apesar de não serem aquelas coisas, tem tudo que um holder precisa. Se você utiliza o HB para buy & hold e também para algumas operações de curto, médio prazo recomendaria a Ágora (que é do Bradesco). Em segundo caso a Link ou mesmo a Intrader, mas não teria a segurança de serem bancos, como a Ágora.

    A XP tem um bom custo x benefício, mas não recomendaria por questão de falta de ética da própria corretora. Dizem que estão educando os investidores brasileiros, mas os seus cursos e palestras são tendenciosos demais.

    Abcs,

    ResponderExcluir
  11. Kaschperl,

    Eu estou engatinhando ainda com FIIs, tem um ano que estudo fundos imobiliários (o que acho pouco) e apenas um mês que comecei a investir, por isso não me sinto no direito de opinar ainda sobre esse tema tão importante e complexo. Mas posso deixar boas referências como o blog do HC Investimentos http://hcinvestimentos.com/ (especialista em FIIs), o blog dos Valores Reais http://www.valoresreais.com/ (que tem ótimos artigos sobre FIIs) e também o site http://www.fundoimobiliario.com.br/ (para consulta).

    O básico dos FIIs é saber que os fundos não são uma renda-fixa (por incrível que pareça tenho que dizer isso pois as corretoras fizeram uma falsa imagem pra vender FIIs), devem ser considerados investimentos de longo prazo, mas exige acompanhamento do fundo (quem está alugando, como está o segmento, valor, etc) o que dá uma certa mão de obra ficar lendo os relatórios. O preço (baixo) é extremamente importante para garantir um bom rendimento mensal. Exige paciência até mesmo pra operar, pois a liquidez dos FIIs é triste...

    Uma boa opção para começar seria investir no BCFF11B abaixo de 100,00 a cota. O BCFF11B é um fundo que administra outros FIIs, a gestão deles é boa, mostram ser capacitados para operar FIIs e por isso mesmo acabam pagando um bom dividendo no mês. Atualmente o mercado está penalizando o NSLU11B devido à negociação do aluguel com o hospital, exige um estudo antes de aplicar neste fundo, mas cotas já começam a ficar interessantes.

    Abcs,

    ResponderExcluir
  12. Olá, na matriz montou um sinal de reversão, precisa ser confirmado amanhã ou pelo menos ser respeitado o topo, nas Adr's Brasileiras a maioria teve boa alta, porém na mesma com figuras de reversão, "compre no boato e venda no fato", vamos ver nos próximos dias!!
    Sim carla, frequentava o blog do Pf. Humberto, ele só olha as Adr's, estou fazendo um estudo à respeito, más creio que faz sentido pois a força dominante são os estrangeiros;
    Minha opinião sobre as corretoras, são todas a mesma coisa, deve-se apenas escolher uma com bom tempo na praça, utilizo a Octo, muito boa;
    Ivan
    Ivan

    ResponderExcluir
  13. Ivan,

    Sim. Vou copiar e colar a mensagem que deixei no facebook do blog:

    Dow Jones barrou mais uma vez na famosa resistência dos 11.6k no qual estamos destacando há mais de um mês. Candle diário com pavio superior bem abaixo da linha de resistência, após uma puxada forte, sinal de que os bears entraram no final do pregão de hoje. Amanhã é dia de vender em Wall Street... vamos ver se os bulls conseguirão segurar

    Abcs,

    ResponderExcluir