quarta-feira, 23 de novembro de 2011

O tombo do gigante

O tombo da atividade industrial chinesa pegou de surpresa os mercados do mundo inteiro. O índice de atividade manufatureira da China registrou uma piora significativa nas condições de negócios ao fechar o mês de novembro em 48 pontos, ante os 51 pontos registrados em outubro. Números acima de 50 indicam expansão da atividade em relação ao mês anterior, abaixo de 50 indicam retração. Este é o maior declínio mensal desde março de 2009.

Nos meses anteriores pode-se observar uma desaceleração no setor manufatureiro da China, mas nada tão grave ao ponto de cair numa contração (fechando abaixo dos 50 pontos), como o ocorrido este mês. Este número preocupa pois sugere a possibilidade de uma desaceleração maior que a esperada na economia chinesa, onde muitos economistas apostavam (alguns ainda apostam) em um pouso suave.

De fato o governo chinês tem feito pouco para reanimar a atividade industrial do país. As medidas tomadas até agora são meras tentativas do Banco Central de estimular o crédito por meio da facilitação das condições de liquidez aos bancos, que não gerou efeito desejado. Os exportadores chineses de produtos mais baratos têm sido os mais prejudicados pela alta dos salários e valorização da moeda local. Pode ser que o governo chinês amplie sua medida de afrouxamento monetário nos próximos meses, partindo para um corte na taxa básica de juros.

Na Europa o dia também foi de tensão nos mercados devido o fracasso do leilão de títulos de 10 anos da Alemanha. O Bundesbank esperava vender 6 bilhões de euros em títulos da dívida pública com vencimento em 2022, mas conseguiu rolar apenas 3,889 bilhões de euros a uma taxa de 1,98%. A operação foi travada pois os bônus começaram a subir rápido demais. Mesmo assim, o pânico aumentou ainda mais na Europa, mostrando que nem mesmo a Alemanha tem mercado garantido pra rolar dívida em taxas relativamente baixas. Reflexo de uma crise de confiança generalizada.

Wall Street mais uma vez fechou o dia em forte baixa, refletindo dados negativos no cenário macroeconômico e padrões técnicos dos principais índices (S&P500 e Dow Jones). Estamos assistindo as consequências de se voltar para dentro de uma zona de congestão rompida anteriormente, caracterizando bull trap, conforme comentado nos dias anteriores. A ausência de suportes relevantes até a linha dos 10.6k deixa o mercado ainda mais nas mãos dos bears, mantendo total controle sobre o pregão.


No Brasil, o índice Bovespa também fechou em queda raspando a importante linha de suporte dos 55k. Vai ser difícil segurar esta linha amanhã com Wall Street fechada. Mercado confirmando a possibilidade de distribuição no qual havíamos destacado algumas semanas atrás. Tendência de queda no curto prazo e sem sinal de fundo. Alguns papéis de peso relevante no índice já perderam LTA do fundo deste ano (região onde Ibovespa cravou os 48k).

8 comentários:

  1. Perdão aos comprados, mas um bearzinho para fazer carteira ia bem rs

    Abraços,
    Marcos

    ResponderExcluir
  2. Marcos,

    E como! Pode estar chegando a hora de lançar umas iscas na vara de pescar rsrs

    Abcs, bons investimentos

    ResponderExcluir
  3. Voltou pra congestão maldita! Ô desenho feio... Será que vai ignorar solenemente aquela tentativa de alta? E a surpresa é que OBV e LAD estão altos, acima da região dos 1.600!! E agora José?... Como diz um simpático analista aí: "dá um tiro e volta pra trincheira".
    Carla

    ResponderExcluir
  4. Parece que neste natal, o papai noel não poderá entregar os presentes. Contratou alguns ursos para
    o serviço. rs

    Abraços,
    Marcos

    ResponderExcluir
  5. Carla,

    Congestão maldita mesmo, violinou os comprados e violinou os vendidos. E dentro dela vale tudo, tipicamente trincheira como este analista que você citou rsrs...

    Abcs,

    ResponderExcluir
  6. Marcos,

    Papai noel não gostou do comportamento da Bovespa e está querendo dar o cano nos presentes rs..

    Mas de fato houve um rally muito bom, no início do mês de outubro. Será que o natal foi antecipado? Não sei... mas já devolveram boa parte da alta.

    Abcs,

    ResponderExcluir
  7. É meu amigo, o momento está bom novamente para mais compras. É o que vou fazer.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Jônatas,

    Boa pescaria! Ibovespa segurou nos 55k, ponto certo!

    Abcs,

    ResponderExcluir