quinta-feira, 5 de abril de 2012

Caixa também entra na ofensiva

O governo não quer perder tempo e vai avançar com a segunda linha de sua infantaria na ofensiva contra o spread bancário do mercado brasileiro. A Caixa Econômica Federal vai anunciar na próxima segunda-feira, dia 9/04/2012, o seu pacote com uma redução drástica nos juros dos empréstimos para o consumo. O “ataque” será semelhante ao executado pela primeira linha de infantaria, o Banco do Brasil.

O programa da Caixa está pronto e já tem até um nome definido, será chamado de "Caixa Melhor Crédito". O pacote será composto por uma redução no custo de várias operações como cartão de crédito, cheque especial e financiamento de veículos. Há boatos no mercado de que algumas taxas serão ainda mais competitivas do que as apresentadas ontem pelo BB.

Mais uma vez as ações de bancos fecharam em queda na Bovespa. A redução do spread bancário é sem dúvida uma péssima notícia para os acionistas das instituições financeiras, mas por outro lado (e muito mais importante) a economia será extremamente beneficiada. As taxas de juros praticadas neste país estão bem acima de um nível considerado absurdo.

De fato, o movimento recente de queda nas ações de instituições financeiras são meramente especulativos ocasionado pelo fator psicológico da notícia. Provavelmente só será possível observar o tamanho do impacto, nos resultados financeiros, ocasionado pela redução no spread bancário, a partir do terceiro trimestre de 2012. As carteiras de crédito com os juros menores precisam ser formadas primeiro, portanto não façam como os analistas do Credit Suisse que já projetaram um impacto de 3,5 bilhões na receita líquida do BB para este ano. Aguardem uma definição melhor da estratégia adotada pelo banco para cobrir o que será “perdido” no spread.

O fechamento da semana no Ibovespa foi com mais um candle de baixa, perdendo níveis de suportes e LTs citados nos posts anteriores. Já são três semanas seguidas de quedas, o índice começa a ficar um pouco esticado no curtíssimo prazo para operações vendidas (podendo gerar repiques exporádicos), porém a tendência é continuar descendo ao longo das próximas semanas/meses rumo aos 60k. Tendência de alta no médio prazo segue intacta e ainda com bastante espaço para correção sem que a mesma seja comprometida.

  
Nos Estados Unidos o índice Dow Jones fechou a semana em baixa confirmando topo abaixo da resistência em 13.2k que acabou ajudando na perda da LTA de médio prazo que vêm do fundo em 10.4k. Nas próximas semanas a linha de suporte em 12.7k deverá ser testada, este encontro poderá acontecer juntamente com a linha central de bollinger fornecendo um bom ponto de apoio no curto prazo.


Bom pessoal, vamos ficando por aqui. Semana corrida, tempo curto e muitas novidades no mercado nacional. Vou ficar devendo análise semanal da Europa e Ásia. Podem me cobrar na semana que vem =)


Feliz Páscoa à todos vocês!!!

37 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Just Been Paid,

    Post removido por fazer propaganda de pirâmide. Achou que iria pegar alguém aqui? Eu heim rsrs...

    ResponderExcluir
  3. Concordo com a queda atual estar sendo ocasionada pelos efeitos psicológicos da notícia! Mesmo com a redução do spread, as bancos devem continar tendo uma ótima rentabilidade, principalmente se a economia interna crescer o que promete para essa década. Pra quem tem bancos ou prentende ter na carteira, esse é um bom momento para comprar!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investidor em ação,

      Vai depender da estratégia adotada pelos bancos para alavancar receitas em outros segmentos do tipo venda de produtos/serviços bancários, aumento de tarifas, aumento da captação de recurso no mercado, aumento da carteira de crédito, etc. Isso compensaria, futuramente, o impacto na receita ocasionado pela redução do spread. Isso seria fácil em um cenário onde a concorrência iria apenas observar o movimento dos bancos estatais, mas é praticamente certo que o Itaú e Bradesco terão que entrar na briga, então a disputa vai ser boa. Vai haver uma disputa acirrada para ver quem fica com os clientes bons da praça. Esse vale ouro para os bancos.

      Abcs,

      Excluir
  4. Parecem que o bradesco e o itau não vão seguir o BB alias o BB só abaixou os juros por ordem de dilma...e acabaram ferrando meio mundo de acionistas minoritário como eu....vi nos graficos que se formou um martelo...derrepente a queda tenha cessado...vamos esperar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lord Caçador,

      Se o Bradesco e Itaú não entrarem na briga com BB e Caixa podem dar adeus ao market share que conquistaram após tantas fusões e aquisições do passado. Estes bancos investiram muito no passado recente para se consolidarem como líderes de mercado. Pode ter certeza que as diretorias destes bancos estarão reunidas neste feriado para bolar uma estratégia de contra-ataque.

      Vamos poder observar o impacto em números da queda no spread somente a partir do 3TRI/12. Até lá, vale tudo. Fica por conta da especulação.

      Abcs,

      Excluir
  5. FI,lembra do "flash crash" que levou a cotação da pomo4 para 8,40, queda de +- 9% e acabou fechando em -2,80 e vc me aconselhou achar um ponto bom de saída pois a tendência era de alta no CP? Pois é, sai hoje em 9,99 com um lucrinho de 2,88%! Bom né?
    Obrigado.
    Feliz páscoa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa!

      Boa Vitor! Beleza! Lucro no bolso, Páscoa feliz! rsrs... Bom demais!

      É isso aí, vamo que vamo! Boa Páscoa!

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. sou acionista do bb e hoje comprei mais...

    dia 12 vai dar na tv milhares de clientes novos querendo fazer portabilidade no bb

    o prejuizo vai ser enorme... no itau e no brasdesco principalmentersrss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clerton,

      Pela técnica dá pra especular, quando cai muito rápido sempre sai uns repiques, mesmo que intraday. Agora para investir ou aumentar posição eu esperaria mais um pouco. Eu gosto de comprar BB um pouco mais em baixo, ano passado surgiu uma ótima oportunidade. Vamos ver este ano..

      Abcs,

      Excluir
  8. Ai dúvida cruel, eu estava quase entrando no BBAS agora não sei mais. Ninguém sabe o impacto que vai ter nos resultados.

    Que intervenção monstruosa do governo na instituição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pobretao,

      Na dúvida não opere. É melhor entrar com segurança e estratégia definida, o psicológico funciona melhor.

      Amanhã eu faço uma análise no gráfico do BBAS3 e posto aqui nos comentários...

      Abcs,

      Excluir
  9. Como sempre, posts com conteúdo inovador e independente! Muito melhor do que acompanhar as seções de economia da grande mídia, cujas opiniões são enviesadas pela ótica de quem domina esses meios de comunicação, dificultando uma melhor análise dos fatos.

    É por isso que sempre recomendo o Finanças Inteligentes: nunca antes na história desse país um blog fez tanto jus ao seu próprio nome! :D Parabéns, F.I, e siga em frente com seu trabalho de excelência!


    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Guilherme!

      Obrigado! Estou até sem palavras, valeu mesmo! Tento ajudar com o que posso, dentro das minhas limitações, não sou tudo isso não rsrs... O legal mesmo é o aprendizado que o blog proporciona, até mesmo pra mim, é muito gratificante e agrega conteúdo que é o mais importante.

      Mais uma vez obrigado e digo o mesmo para o trabalho que você exerce com maestria no Valores Reais. O mínimo que posso fazer é retribuir os parabéns! Vida longa ao Valores Reais!

      Abcs,

      Excluir
  10. Olá FI, os juros menores vão derrubar os balanços no setor bancário, parte é destinado para cobrir maus pagadores, a rigidez será grande tbm, quanto a BBAS3 minha humilde opinião, esperaria a reação no suporte por volta dos R$ 22,xx, é p/ lá que os preços caminham, más muita cautela pois pra mim temos um grande OCO no semanal, figura de topo que pode jogar os preços de volta aos fundos do sub-prime, e não duvido disso se os próximos resultados trimestrais vierem piores!!

    Ivan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ivan,

      Aí você tocou bem na ferida: os maus pagadores. O banco pode reduzir o spread e compensar a perda de receita (mesmo que em partes) com as estratégias que citei logo acima nos comentários (tarifas, produtos/serviços, aumentar as metas dos gerentes, etc). Mas se a inadimplência aumentar meu amigo, a coisa azeda de uma só vez. Banco opera altamente alavancado (basicamente empresta o que ele consegue captar no mercado) e não pode se dar ao luxo de permitir um certo nível de calote, caso contrário corre o risco de ficar insolvente.

      Evidentemente que essas boas condições de financiamentos serão destinadas somente aos bons pagadores, clientes que os bancos brigam entre sí para conquistar no mercado. Seria irresponsável e inadmissível reduzir drasticamente os juros para clientes de risco elevado, algo similar aconteceu nos Estados Unidos chamado subprime e veja no que deu.

      Portanto o receio maior para os investidores seria uma intervenção maior do governo na gestão dos bancos estatais que permitisse esse descontrole do risco ao crédito. Mas acho que o governo não chegaria à esse ponto (não são tão burros assim), estariam dando um belo tiro no pé.

      Abcs,

      PS: escrevi demais rsrs.. logo abaixo nos comentários faço uma análise rápida do BB

      Excluir
  11. SEMANA CORRIDA?! DEVENDO EUROPA E ASIA????? AH MEU ASSIM NÃO DA... TSK TSK... brincadeira xp

    Excelente posts como sempre. Bom feriadão pra você!

    Mas isso que dá... se os bancos privados tivessem reduzido um pouco os juros ao invés de simplesmente encarar o aumento do spread como aumento de lucratividade, talvez o BB não tivece diminuído tanto a cinta liga como fez. Próxima vez que o governo brincar com SELIC talvez eles pensem mais sobre isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eJunior,

      Hahaha! Pois é, podem me cobrar na semana que vem! Se não vira bagunça rsrss

      Exatamente. Não sei como a população aceita certas linhas de crédito absurdas, como o rotativo do cartão de crédito por exemplo. Como diz um certo analista que agora não me lembro o nome: "nem agiota russo cobra isso".

      Abcs,

      Excluir
  12. Pessoal, análise rápida de BBAS3:

    Curto/curtíssimo prazo: Repique. Papel despencou de 29,xx pra 23,xx em menos de um mês. No diário está bem sobrevendido pedindo um alívio e no intraday 60 minutos já tenta trabalhar um fundo, porém muito mau desenhado. Martelou no primeiro candle horário de sexta-feira mas não teve forças para superar a máxima do martelo. Marcou fundo em 23,40 porém eu não gostei do movimento técnico (por isso não entrei e não vou entrar, gosto só dos filés), apesar de apresentar uma oportunidade de trade.

    Estendendo um pouco mais o prazo olhando pelo gráfico semanal, percebe-se que o papel perdeu a linha central de bollinger com um candle de força relevante. Aliás são três semanas seguidas de candles fortes de baixa, provavelmente insiders pularam fora mês passado quando ficaram sabendo desta notícia de redução do spread. Deixando os trades de lado, tudo indica que nas próximas semanas/meses deverá buscar o suportão de 22,00. Esta linha (22,00 - 21,50) é a região que segura o papel há mais de dois anos. Portanto, visitando novamente este patamar de preço vai abrir oportunidade de compra acreditando que o suporte irá segurar mais uma vez, ou visando uma entrada rápida porque provavelmente haverá um repique ao testar esta região. A última prega está em 20,00, se perder este patamar de preço a ladeira começa a ficar mais inclinada, tendência de baixa engata a quinta marcha.

    Aliando análise técnica com análise fundamentalista, 22,00 seria um bom preço a se pagar pelo papel nos múltiplos atuais. Os 20,00 já estariam bem barato e abaixo disso é promoção. Mas uma vez eu repito: com os múltiplos atuais. A partir de agora é ficar de olho nos fatos relevantes, notícias vinculadas à gestão do BB, etc para tentar formar alguma perspectiva em relação aos resultados da empresa.

    Abraços a todos e bons negócios!

    ResponderExcluir
  13. Antes tarde do que nunca esta intervenção do governo. Podem falar mal do PT por impor, mas essa corja de bancos nao precisa de mais lucros que já possui. E se for pra prejudicar o setor bancário que nao tem mais onde colocar dinheiro e, em contrapartida favorecer todos os demais setores da economia. Eu nao pensaria duas vezes
    Parabens ao governo

    Eduardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não aplico mais em empresa aonde o governo mete a mão : petr4 e bbsa3 .Só entro qaundo , o FI falou , uma promoção realmente .

      Excluir
    2. Eduardo,

      No passado recente os bancos chegaram a ser o melhor negócio do Brasil, por isso ocorreram tantas fusões/aquisições (consolidaram 2 privados fortes e praticamente dominaram o mercado), aberturas de novas agências, etc. Não sei agora como está o ranking após o boom dos preços de commodities, mas se perderam o lugar para os produtores de commodities certamente ocupam ainda as primeiras posições. Por outro lado devemos concordar que a carga tributária em cima das instituições financeiras é muito alta (nesse caso o governo nem toca no assunto, mas é um dos fatores que causaram o aumento absurdo do spread), portanto os bancos privados devem sim reduzir o spread mas acho que irão bater de frente com o governo para redução de impostos, benefícios, ou algo que possa aliviar os custos.

      Vale a pena lembrar que não são os bancos que estão na mão do governo, e sim o governo na mão dos bancos. Imagine se os bancos resolverem aliviar o controle de risco nos empréstimos (emprestarem pra todo mundo à juros baixos), em menos de 2 anos o governo terá de injetar liquidez nos mesmos para evitar um desastre no sistema financeiro.

      O governo está certo ao forçar uma redução no spread, mas na prática o que vai acabar acontecendo é que os credores de risco continuarão pagando juros altos e tendo crédito limitado na praça.

      Abcs,

      Excluir
    3. Anônimo,

      Isso mesmo. Também evito empresas onde o governo possui participação majoritária ou exerce influência dentro da gestão. Mas se os preços ficarem convidativos demais, fica difícil resistir, nem que seja para uma posição rápida =)

      Abcs,

      Excluir
    4. Ops, erro:

      o que vai acabar acontecendo é que os devedores*** de risco...

      Excluir
  14. Olá. um conhecido meu da CEF falou em juros abaixo dos 3% ao mês, olha vai ser uma debandada de bons clientes para os bancos do governo, também tem outros grandes bancos no páreo, BNB( Banco do Nordeste) e outros governamentais;
    Creio que o movimento irá continuar, o Santander é o mais prejudicado, não é atoa a despencada. FI observe o indíce financeiro que se perder a LTA fica feia a coisa;
    Ivan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivan,

      Também vi um boato desses. Taxas abaixo até de 2% a.m. Vamos ver o que vai sair na segunda-feira. O Santander já tem dificuldades pra competir com Itaú e Bradesco nos níveis atuais de spread, imagine se abaixarem...

      Sim e tem um topo duplo no índice financeiro da BM&F. Deve testar a LTA de 2008 mesmo...

      Abcs,

      Excluir
  15. FII, parabéns pelo post. Isto mostra como é importante fugirmos dos grandes jornaloes para obter uma opiniao isenta de interesses (afinal, os bancos sao grandes clientes de publicidade). O BBAS3 tem na minha planilha um valor justo de 35 reais para DEZ 2012 com um lucro de 12 bilhoes. Supondo uma queda de 5 bilhoes na receita, ainda assim, se os numeros permanecerem o BB terá uma queda de 500 milhoes no lucro o que nao impactaria tanto o valor justo do Banco. Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado!

      Legal, qual o método que você utilizou para chegar neste preço justo? De vez em quando eu dou uma olhada nos preços justos que as corretoras calculam, não levo muito ao pé da letra porque não confio muito e falta o principal: "combinar com o Sr. Mercado" rsrs...

      Sua planilha vale ouro heim, cuide bem dela. Parabéns!

      Abcs,

      Excluir
  16. FII, basicamente uso a projecao de lucros e acho o preço justo usando o valor patrimonial. No Banco do Brasil uso aprox. 1,5 de VP para um ROE aprox de 20%. Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendi,

      Bacana. Tem algum ativo na sua planilha onde o preço justo esteja saltando aos olhos?

      Abcs,

      Excluir
  17. FII, Eternit e CSNA tem um potencial de 35% (lembrar que a ETERNIT tem o problema do amianto e a CSNA pode diminuir os lucros devido a queda do crescimento chinês). As demais estao com uma margem de segurança apertada (menos de 20%, eu gosto de uma margem de no mínimo 40%)
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É parece que estou em linha com a sua planilha rsrs... Tenho essas duas na carteira de hold, mas ultimamente ando pensando em liquidar ETER3, estou achando que vai levar bomba no amianto e certamente vai impactar nos resultados de curto prazo. Mas é só um palpite. É uma pena porque a gestão da empresa é dar inveja em qualquer um.

      Abcs,

      Excluir
  18. Bom dia FI, por gentileza uma análise da Petro, semanal e diário, tem 2 gaps para serem fechados, um na faixa dos 17,XX e outro, creio que a última fronteira, nos R$ 15,xx, no semanal estes R$ 15,xx é um suporte bem forte e teste na banda inferior de seu longo canal de baixa desde 2009, voltando ao diário creio que teremos bom trade na região dos R$ 20,70 em breve, reta suporte do grande OCO que parece estar se formando, obrigado;
    Ivan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Ivan,

      Está em linha com o que você analisou. Esses 20,70 é a principal região técnica do papel, se perder aí já era. Provavelmente se testar os 20,70 com esse GAP aberto no diário poderá originar uma oportunidade de compra, pelo menos pra trade rápido acreditando em um repique no diário. Papel já opera em sobrevenda, pode estar próximo (alguns dias) de soltar um fundo descendente dentro da tendência de baixa no curto prazo.

      No semanal a PETR4 já perdeu a LTA que vem daquele fundo do crash do ano passado. Está desconfigurando a tendência de alta, daí a importância de se manter acima dos 20,70. Essa linha é um divisor de águas para o papel. Último fundo descendente em 17,50, perdendo esta linha o papel deverá buscar a mínima do crash de 2008.

      Abcs,

      Excluir
  19. bovespa volta pros 55.000

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calma! rsrs...

      Vamos com um passo de cada vez. Primeiro tem que testar os 60k

      Abcs,

      Excluir