quinta-feira, 3 de maio de 2012

Do simples ao complexo, os problemas continuam os mesmos


O ministro da Fazenda Guido Mantega anunciou hoje a nova regra de remuneração da caderneta de poupança. A partir de amanhã, o dinheiro depositado na poupança será corrigido mensalmente pelo equivalente a 70% da taxa selic mais TR (Taxa Referencial). Mas atenção, esta regra será válida sempre que a taxa selic estiver em 8,50% ao ano ou em patamar inferior. Se a taxa estiver acima deste patamar, o rendimento continuará sendo computado pela regra antiga: 0,5% ao mês mais TR.

Ficou confuso? Calma que ainda nem começou. Vamos exemplificar melhor como será esta nova regra. Zé das Couve possui uma conta poupança no Banco do Brasil. Como fazia muito tempo que ele não puxava um extrato, resolveu dar um pulo na agência mais próxima do BB e verificou que possui hoje um saldo de R$ 1.000,00 em sua conta poupança. Oba! Mil reais rendendo 0,5% mais TR! Comemorou dando pulos na calçada.

Mas assim que chegou em casa, Zé das Couve recebeu uma visita inesperada daquele vizinho chato que estava lhe devendo uma grana. Zé do Tomé havia pegado R$ 500,00 com Zé das Couve para pagar um tratamento dentário. Zé das Couve ficou com pena de seu vizinho e emprestou o dinheiro. Pobre coitado, mal sabia que esses R$ 500,00 acabaram virando uma viajem que Zé do Tomé e sua família fizeram em Guarapari. Quando Zé das Couve ficou sabendo da notícia já era tarde demais, todos já estavam bronzeados e com as peles descascando. Zé das Couve ganhou uma lembrancinha (um porta retrato enfeitado com as conchinhas da praia) mas mesmo assim ficou p... da vida com seu vizinho.

Mas hoje era o dia de sorte de Zé das Couve. Zé do Tomé quitou sua dívida de R$ 500,00, pena que foi tudo em moedinhas de R$ 0,05. Mas não importa, disse Zé das Couve, dinheiro é dinheiro. Amanhã vou ao banco depositar essas “belezuras” na minha conta.

Dito e feito. 9h30 da manhã e Zé das Couve já estava na fila aguardando abertura da agência bancária. Quando o banco abriu, Zé das Couve foi empurrando lentamente o pacote de moedas em direção ao caixa, os demais clientes que estavam na fila do lado de fora da agência correram e passaram na sua frente. Zé das Couve perdeu 20 posições no grid de largada. Mas não importa, após meia hora na fila do caixa Zé das Couve conseguiu ser atendido.

O depósito enfim foi realizado, mas Zé das Couve precisou aguardar mais 40 minutos enquanto o caixa contava as suas moedinhas. Para a sua surpresa, Zé das Couve foi informado que a partir daquele dia, a regra para o rendimento de sua caderneta de poupança fora alterada.

Aqueles R$ 1.000,00 continuarão a ser remunerados pela TR mais 0,5% ao mês, independente do que acontecer com a taxa selic. Aqueles R$ 500,00 serão remunerados de forma diferenciada, pois foram aplicados depois do dia 03/05/2012, quando houve alteração da regra na caderneta de poupança. A partir do momento em que a taxa selic estiver em 8,50% a.a. ou abaixo disso, esses R$ 500,00 irão render 70% da taxa selic mais TR. Quando, ou se, a taxa selic voltar a subir para 8,51% (na verdade, 8,75% pois os ajustes são de no mínimo 0,25 p.p.) ou acima disso, esses R$ 500,00 voltarão a ser remunerados pela regra antiga (0,5% mais TR).

Quem será o grande prejudicado nessa história? O investidor? Errou. A rentabilidade está ruim em praticamente todos os produtos do mercado financeiro em geral. E a tendência é continuar caindo ainda mais. O grande prejudicado nessa história são os bancos.

As instituições financeiras terão de gastar uma quantia considerável em treinamentos para que os seus funcionários saibam explicar, de forma simples e resumida (98 milhões de brasileiros têm recursos aplicados na poupança, sendo que mais de 52% são depósitos de menos de R$ 100. Sentiu o clima?), aos seus clientes como será a nova e complexa regra da caderneta de poupança. Além disso, todo o sistema da rede de atendimento terá de ser alterado para diferenciar os recursos da poupança rentabilizados pela antiga regra e os que serão rentabilizados pela nova regra.

A Bovespa não se animou com a mudança das regras na caderneta de poupança. O anúncio oficial ocorreu após o encerramento do pregão, porém os boatos estavam espalhados em vários veículos de comunicação na parte da tarde. Os investidores pessoa física não estão animados em aplicar na renda variável mesmo com a queda na taxa básica de juros. Olhando apenas para o curto prazo, o Ibovespa está no mesmo nível de janeiro/fevereiro deste ano, onde a taxa selic estava em 10,50 % a.a.

Uma das (várias) razões para tal feito pode ser observada no índice PMI do banco HSBC. Vamos fazer uma comparação com os dados recentes da atividade industrial brasileira e seus demais concorrentes emergentes. Resultados acima de 50 pontos demonstram expansão na atividade industrial e abaixo de 50, contração. Turquia: expansão. Taiwan: expansão. China: contração. Índia: expansão. Rússia: expansão. Indonésia: expansão. Coréia do Sul: expansão.México: expansão. Brasil: contração.

Se observarmos que a China passa por um processo de pouso forçado na economia devido ao forte crescimento dos anos anteriores, o Brasil ocupa a vergonhosa e solitária posição de contração no índice de atividade industrial do HSBC, por pura incompetência política administrativa. Esse é o preço que se paga ao deixar de fazer o dever de casa: as reformas.

E para os que culpam a crise internacional por impactar nossa economia, observem este gráfico do JP Morgan Global Manufacturing PMI. A média da atividade industrial global está em expansão (acima de 50 pontos) mesmo com o peso negativo da China e algumas economias europeias em recessão.

  
No mercado de capitais o índice Bovespa fechou o pregão desta quinta-feira em leve baixa. Sentiu a pressão da linha central de bollinger e não conseguiu confirmar o rompimento, fazendo pullback sobre a LTB rompida ontem. Destaque para as bandas de bollinger que estão se estreitando, em breve teremos movimento forte para algum dos lados: rompendo 63k ou perdendo 61.3k.


Nos Estados Unidos o índice Dow Jones fechou o pregão em leve baixa sentindo a resistência forte dos 13.3k. Está deixando mais um topo de curto prazo abaixo desta linha. Poderá testar LTA na próxima semana.

57 comentários:

  1. Finanças Sabe o que esse Governo me Lembra...
    Um Antigo Socio,onde o Sujeito era uma Figura. Tinha uma Frase para Ele, pra que Facilitar se Podemos Complicar.rsr
    É Exatamente o que faz o Governo.Sabe Finanças, o que mais me Assusta,Faço Aqui uma Alusão a Outros Governos Latino Americano(Com exceção do Chile). Quanto Tempo Esse Governo Ficara no Poder.Incompetência é Pouco Viu.Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. macr3,

      Por um acaso esse seu antigo sócio está trabalhando no governo? rsrs...

      Com essa popularidade toda, devem ficar por um bom tempo ainda viu. Até a fonte secar.

      Abcs, bons negócios

      Excluir
    2. Paulo Simões Diniz4 de maio de 2012 00:44

      Se é assim tão simples porque vc não está lá fazendo. Qual sua sugestão para a poupança em caso de redução de juros na economia?

      Excluir
    3. Paulo,

      Porque eu não sou pago pra governar o país rsrs... Mas se fosse, certamente estaria trabalhando em cima desta questão.

      Citei minha sugestão lá em baixo. No seu primeiro comentário.

      Abcs,

      Excluir
  2. FI,

    Bom artigo.

    Sobrou mesmo para os bancos: Alteração do sistema, treinamento de pessoal e redução do spread. Em outras palavras, redução de receita e aumento de custo. Acho que os bancos não ajudaram na campanha do PT! rs

    Para os investidores antigos da poupança, acho que foi uma ótima noticia. Ainda mais se pensarmos como andam sendo feitas as mudanças na Argentina e Bolívia. Sem contar a Venezuela cruz credo! rs Pelo menos o Governo primou pela justiça com os antigos poupadores. Até quando pode ser a pergunta!

    Abraços,
    Sir Income

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sir Income,

      Obrigado! Também estou achando isso rsrs.. Em compensação a indústria automobilística e alguns setores de linha branca devem estar "oferecendo boas doações".

      É porque caso contrário esta medida do governo seria derrubada juridicamente. Não fosse por isso...

      Abcs, bons investimentos

      Excluir
    2. Sir Income, o FI falou tudo.

      O governo não quer ter um problema igual ao Plano Verão, que está na justiça a mais de 20 anos. A nossa democracia é nova, ela aprende... kkkkk

      Excluir
    3. Eike Rico,

      Pena que aprende da pior forma possível né rsrs...

      Abcs, bons negócios

      Excluir
  3. FI,

    Fantástico seu artigo!!! Tenha uma boa noite!!!

    Carlos Jardim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carlos Jardim,

      Obrigado! Boa noite e até mais.

      Abcs, bons investimentos

      Excluir
  4. A historinha do começo é ótima, mas a historia real uma confusao só, bancos vao fazer o que da noite para o dia? Criar um poupança paralela? Algo como a conta corrente/conta investimento na epoca da cpmf?
    Amanhã vai começar uma confusão geral nos bancos com os menos favorecidos de informação, minha sogra ja estava ligando aqui p perguntar se o banco ia pegar o dinheiro dela da poupança.
    Os bancos sofrem? Com certeza mas quem vai sofrer mesmo são os funcionários, que treinamento q é bom não recebem, mas recebem SMS do presidente do banco dizendo p fazerem um bom trabalho, demais! (meus irmãos sao bancarios)
    Cada vez mais dificil achar onde enfiar o dinheiro
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ostra,

      Coloquei essa historinha no início só pra descontrair rsrs... acabei me empolgando

      Impossível os bancos atenderem essa solicitação da noite para o dia. Pelo menos terão um tempinho aí até a próxima reunião do Copom no final do mês. Acho que deverão fazer isso mesmo, criar duas contas poupanças. Se for tudo numa só como o investidor irá diferenciar o que é nova regra e o que é regra antiga? Vai ser uma bagunça maior do que já ficou.

      Bancário sofre rsrs... Fico imaginando como irão explicar os 70% da selic para pessoas (maioria) que não sabem nem o que é taxa selic. Oremos por nossos colegas.

      Vejo que a única oportunidade de investimento pra longo prazo com bons retornos que acabou sobrando são as franquias. O resto, se quer tentar tirar alguma coisa boa no mercado, o investidor terá que aprender a especular.

      Abcs, bons trades

      Excluir
    2. Paulo Simões Diniz4 de maio de 2012 00:47

      Bradesco e Santander já tem um esquema que pode ser utilizado ou adaptado. Eles retiram o dinheiro que vc deposita em conta corrente e abrem uma poupança a cada dia. Depois, à medida que vc faz saques, eles vão abatendo das poupanças mais antigas. Um esquema semelhante pode ser utilizado.

      Excluir
    3. Paulo,

      Não entendi. Se puder explicar melhor agradeço.

      Outra coisa, o cliente não vai poder ter o direito de evitar sacar dinheiro da poupança que rende mais para sacar na poupança que rede menos? Aí complica.

      Abcs,

      Excluir
    4. FI, me parece que essa questão já está resolvida.

      Nos saques, é só descontar primeiro o dinheiro novo para depois descontar o dinheiro velho.

      Abraço.

      Excluir
    5. Eike Rico,

      Mas aí como fica a rentabilidade diferenciada entre a velha e nova regra? Acho que o cliente não vai conseguir enxergar os rendimentos diferenciados na mesma conta. Acho que deverão acabar criando uma nova conta poupança pra todo mundo e você escolheria em qual conta deseja sacar nos canais de atendimento. Haja confusão rsrs...

      Abcs,

      Excluir
  5. Xiiiiii Vale.

    STJ permite execução fiscal bilionária contra a Vale

    A Primeira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu pedido da fazenda nacional para que seja executada uma dívida de mais de R$ 24 bilhões da companhia Vale S/A, em razão do não pagamento de tributos. Por maioria de três votos a dois, os ministros consideraram que, num processo de tanta incerteza jurídica quanto à incidência da tributação, na matriz, das filiadas ou controladas no exterior, é importante que se dê início ao processo de execução fiscal para que se discuta em ação própria a procedência das alegações da Vale. O autor do voto vencedor, ministro Napoleão Nunes Maia Filho, destacou que a decisão do STJ não impede a Vale de se defender, mas, ao contrário, busca impedir que a fazenda seja obstada no seu direito de executar. A decisão cassa uma liminar em medida cautelar concedida pelo ministro Teori Albino Zavascki em 14 de março, que impedia o lançamento e a exigibilidade de tributos até o julgamento de um recurso especial, ainda pendente de juízo de admissibilidade no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), sediado no Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ixi!

      Lá vai o macr3 socar opções da Vale amanhã rsrs...

      Bons trades e boa sorte,

      Abcs,

      Excluir
    2. VALE5: -2,5% agora.

      macr3 fazendo a festa nas opcas

      Excluir
  6. Essas mudanças não são suficientes e no limite (inferior) não se sustentam devido ao custo fixo (taxa de administração elevada).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. dinheiroqrende,

      Pelas minhas "contas feitas em papel de pão" os fundos que cobram taxa de administração acima de 1,5% continuarão perdendo pra poupança mesmo com a nova regra.

      Abcs, bons investimentos

      Excluir
    2. O Dr. Money já havia comentado sobre isso e comentou novamente:

      http://www.drmoney.com.br/investimentos/renda-fixa/as-novas-regras-da-poupanca-servico-pela-metade/

      []s a todos!

      Excluir
    3. dimarcinho,

      Bom texto do Dr. Money. Facilitou minhas contas. Acho que a TR ficará menor do que os 1% ao ano, mas mesmo assim a poupança continuará ganhando dos fundos DI como ele mostrou muito bem no artigo. Sinal de que os bancos terão de cortar também a taxa de administração dos fundos.

      Abcs, bons negócios

      Excluir
    4. Concordo com o Dr. Money, que o serviço ficou pela metade e que além de extinguir a TR do cálculo da poupança o governo também deveria ter promovido uma redução na tributação dos fundos. Estes por sua vez (os fundos) deveriam reduzir suas taxas de administração que são extremamente altas neste país onde o povo é espoliado de todas as formas (vide taxas de cheque especial e cartão de crédito) pelos agentes financeiros autorizados a funcionar pelo BACEN.

      Excluir
    5. E voltamos novamente na questão dos tributos. Estão observando porque é tão necessário fazer essas benditas reformas?

      Abcs,

      Excluir
  7. Paulo Simões Diniz4 de maio de 2012 00:06

    Criticar é fácil, difícil é fazer. Todo mundo reclamava dos juros altos, agora estão caindo e alguma coisa precisava ser feita na poupança. Tem jeito mais simples do que o governo optou? Dê sua sugestão. Reformas precisam ser feitas? Quem não sabe disso? Por acaso só o governo é estúpido em não perceber? Ou será que o governo é sujeito a pressões de todos os setores da sociedade. As reformas que você acha corretas, outros acham erradas. Sempre tem alguém se beneficiando e outro se prejudicando. E estes agentes pressionam o governo, via eleições, via Congresso, etc. Tudo é fácil quando não é a gente que tem a obrigação de fazer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo Simões Diniz,

      Difícil fazer? Com essa popularidade toda da presidente? Imagino então quando seria fácil. 100% de aprovação? rsrs...

      Que os juros precisam cair isso é inquestionável, desde que a inflação seja mantida sob controle. O jeito mais fácil de mexer, na minha opinião, seria uma simples tributação na poupança. Mas a medida seria muito impopular.

      As reformas são de extrema importância para o futuro do país e precisam ser feitas sim, doa a quem doer, independente se o político será reeleito ou não. O país inteiro será beneficiado com uma educação, infra-estrutura, saúde, burocracia e carga tributária melhor. Dinheiro pra fazer isso tudo tem de sobra, passe lá na frente do Impostômetro e tente contar os zeros do painel.

      Brasileiro tem a mania de encontrar dificuldade em tudo que aparece pela frente, talvez seja por isso que somos o patinho feio dos emergentes.

      No mais, obrigado pela sua contribuição. É bom quando aparecem idéias diferentes.

      Abcs, bons negócios

      Excluir
    2. Petralha detected.
      Veja o que o indivíduo diz: "As reformas que você acha corretas, outros acham erradas."
      Só um mal caráter intelectual (ou ignorante, quem sabe) pra dizer uma coisa desses.
      Carla

      Excluir
    3. Carla,

      Imagine o pessoal fazendo passeata para que o governo cobre mais impostos da população. Ou imagine os professores reclamarem por estarem recebendo um bom material didático, aumento no salário, sala de aula estruturada. Ou você vai procurar algum serviço do governo e reclama porque te atenderam com muita agilidade. Ou você pega uma estrada e reclama porque o asfalto está bem cuidado e sem buracos.

      É difíiiicil rsrsrs...

      Abcs, bons trades

      Excluir
    4. Concordo c/ a Carla:

      "As reformas que você acha corretas, outros acham erradas."

      Que tipo de pessoa acharia reformas em educação, saúde, infraestrutura, logística, etc. erradas?

      É sério, Paulo Simões Diniz: vc acha que tem alguma coisa de errada nisso? Quais seriam os seus argumentos para não fazer essas reformas?

      Só me faltava essa...

      Gustavo

      Excluir
    5. Gustavo,

      Valeu pela contribuição! Concordo com você, acho meio difícil alguém reclamar que as reformas estejam sendo feitas.

      Abcs, e até mais

      Excluir
  8. Poupar é guardar dinheiro. Dinheiro sem o padrão ouro nada mais é do que um "vale coisas". Fora o dinheiro necessário para uma eventual emergência que deve permanecer na poupança ou renda fixa, o restante deve ser colocado em algo com lastro, como imóveis, empresas e por que não ouro.
    Agora, está cada vez mais complicado para esse micro poupador, que tem menos de 100 reais na poupança. Para esse é uma grande perda!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investidor em ação,

      Exatamente. Ainda há aplicações em renda fixa com lastro, algumas duvidosas até. Mas o importante mesmo é reconhecer que as oportunidades de investimento no longo prazo podem estar fora do mercado financeiro.

      Para o micro poupador é um beco sem saída. Melhor gastar o dinheiro com algum "micro ativo real". Pelo menos pelo que eu observo, a inflação real está bem maior do que esse IPCA.

      Abcs, bons investimentos

      Excluir
  9. FI, faz um pouco mais de um ano que venho diariamente aqui no seu blog ler seus textos. Sou o tipo de pessoa que gosta de escutar/ler muito e falar/escrever muito pouco. E por isso, e só por isso, nunca tinha postado nada antes aqui no seu blog. Gosto muito do seu ponto de vista e de suas analises macroeconômicas e quase sempre me sinto em sintonia com seus pensamentos. Mas hoje, ao ler sua matéria, me senti na obrigação de sair do anonimato.
    Na minha modesta opinião, as medidas adotadas pela equipe econômica do governo foram brilhantes. Você mais do que ninguém, sabe da necessidade que havia de se modificar as regras da poupança para permitir ao governo reduzir ainda mais as taxas de juros. Se houvesse nova queda na taxa básica de juros sem alteração da poupança, causaria desespero nos fundos de renda fixa. E a simples redução da remuneração básica da poupança, poderia levar insatisfação aos poupadores e com isso o risco de saques generalizados nesta modalidade de investimento.
    As regras criadas pela governo não são tão difíceis assim de compreender e a mesmas conseguiram agradar a todos os lados deste cabo de guerra, tanto fundos de renda fixa quanto poupadores.
    Portanto descordo de sua analise negativa quanto ao assunto.

    At. Fabricio Santos

    Obs. Prometo vir mais vezes aqui neste espaço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabricio Santos,

      Que bom que saiu do anonimato! Respeito o seu ponto de vista e ele está correto da forma como você colocou. A poupança tinha que ser alterada, caso contrário não haveria como reduzir a taxa selic. Mas acho que poderiam simplificar esta regra com uma simples tributação, a mudança seria simples e de fácil entendimento. Pode acreditar que a grande maioria dos poupadores não sabem o que é uma taxa selic. Talvez seja por isso mesmo que o governo utilizou esta regra mais complexa (pra nós é bastante simples, mas para a população em geral não), tem um efeito psicológico aí. Veja bem, você é um funcionário de banco e explicara para o seu cliente que a sua nova poupança vai render 70% da selic + TR quando a taxa de juros cair para 8,50% ou abaixo disso. A pessoa (que não tem conhecimento nesta área) fica incapaz de calcular qual será a nova rentabilidade, além de ficar confusa com tantas informações: 70% da selic, TR, 8,50%. "Nossa quantos números, não deve ser tão ruim assim". Agora se você fala que o governo vai tributar a sua poupança, o cliente assusta e sai xingando o governo de tudo enquanto é nome pois está "metendo a mão no seu dinheiro".

      Abcs, bons investimentos

      Apareça mais!

      Excluir
    2. FI,

      concordo com o Fabrício Santos.

      Não chega ser brilhante, mas foi uma ótima ideia a forma da mudança da poupança.

      1 - A poupança não rendia nada, agora rende menos nada. eheheh
      2 - A maioria dos "poupadores" tem sua conta, mas não acompanha seus rendimentos. É o famoso deixei lá.
      3 - Li na Folha q mais de 90% das poupanças tem saldo inferior a 50k.
      4 - A sua sugestão de tributar a poupança é controversa. Você mesmo sugere a redução da carga tributária, e agora pede tributo para a poupança por ser mais simples??!!
      5 - Acho simplista acreditar que não foi estudada a viabilidade técnica do cálculo do rendimentos. Dúvido que os bancos gastem 1,00 com treinamento.
      6 - Segundo o Valor, representantes de bancos presentes à reunião elogiaram a medida. Supõe-se que se fosse custosa todos saíram falando mal.
      7 - Também saíram satisfeitos os representantes das entidades sindicais, ou seja, a medida foi praticamento unanimidade.

      Acredito que estamos no caminho certo, tenho me supreendido positivamente com a Dilma.

      Excluir
    3. f,

      Apenas para explicar melhor:

      4: Se você tributar a poupança, perde-se o diferencial da mesma. Futuramente em uma possível redução da carga tributária, a poupança acompanharia os demais fundos de renda fixa, pois se encaixaria dentro da quadro de redução dos tributos.

      5: Mas não tenha dúvida que irão gastar em treinamentos. Banco não é uma lojinha de comércio rsrs. A poupança é uma das maiores ferramentas de captação de recursos dos bancos no mercado. No mínimo vídeo-aulas, cartilhas internas e outros meios para manter pelo menos os gerentes e equipe da linha de frente (captação de contas no mercado) informados.

      Abcs e participe mais também

      Excluir
    4. Tô sempre lendo, mas participando pouco rs.

      4 - Continuo achando sua sugestão de tributar a poupança incoerente. Todos sairiam em coro chorando pela carga tributária. Isso de tributar agora e tirar depois não ia convencer ninguém.

      Eu não vejo com bons olhos essa "indexação" a selic. Mas mexer na poupança é um vespeiro, todo muito ainda tem na cabeça a lembrança da era Collor, até eu que tinha uns 8 anos naquela época. rs

      5 - Reafirmo que os bancos gastarão quase nada com treinamento. Eles já possuem suas ferramentas, a maioria video-coferência ou cartilhas on-line semanais.

      Sinceramante, algumas agências bancárias parecem lojinha de comércio. Já tive experiências nada agradáveis com funcionários, inclusive gerente de conta) que não sabiam nada sobre os produtos do banco. Quando percebem que o cliente possui um pouco mais de informação se comportam como um estagiário novato.

      Enfim, se o Bradesco, Itaú, Santander e BTG elogiaram a decisão, certeza q não terão grandes custos.

      Excluir
    5. f,

      É porque os treinamentos dos gerentes, pelo que percebo, é quase todo focado na venda de produtos e serviços que garantem um bom negócio ao banco. E a captação da poupança é um ótimo mecanismo para o banco fazer dinheiro no mercado.

      A questão do atendimento ser ruim acredito que seja uma metodologia utilizada, pouco convencional, para selecionar os melhores profissionais. Funcionário de banco precisa ter uma característica forte: aguentar a pressão. E isso você só descobre na prática, "jogando a pessoa no olho do furacão". Se a pessoa "passou no teste", o banco tem a certeza que pode investir pesado em treinamentos com aquela pessoa e poderá "moldurá-la" para atuar conforme interesses e estratégias da instituição. Caso contrário, é apenas questão de tempo até esse profissional se desligar da instituição.

      É claro, posso estar errado nas minhas opiniões. Mas é o que percebo além do horizonte. rsrs

      Abcs, bons negócios

      Excluir
    6. FI, vc só pode tá de brincadeira qdo fala em "metodologia pouco convencional de antendimento ruim". rs Afinal banco não é lojinha de bairro.

      Os Bancos no Brasil sempre se acharam acima do bem e do mal. É como se estivessem fazendo um favor emprestar dinheiro, e não negócio. Com pouca concorrência foram à forra, e dane-se atendimento.

      Você está certíssimo qdo diz q o foco é a venda de produtos q tragam lucro para o banco, e só. Esqueça treinamentos para a poupança, tô te falando. rs

      Excluir
  10. Concordo com o Fabrício... A poupança precisava piorar para os juros caírem mais... Não vejo grandes perdas para os poupadores... A poupança sempre foi ruim e vai continuar sendo... Não mudou tanta coisa assim...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Max,

      Exatamente. Por isso comentei que o grande prejudicado não são os investidores e sim os bancos. Para o investidor não mudou muita coisa mesmo não.

      Abcs, bons investimentos

      Excluir
  11. FI para ministro da fazenda já!!!

    Cara, dá uma luz, por favor! RF uma merda, RV indefinida, o que fazer? Empreendedorismo? Concurso público e trabalhar pro resto da vida? Comprar um colchão oco e enche-lo de dinheiro?

    Falando sério, Quais são suas perspectivas pra daqui 1 ano?

    Abraço!

    Corey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corey,

      kkkkkk...

      Bom, na atual conjuntura não vejo muita perspectiva positiva quanto aos mecanismos de remuneração de capital no mercado financeiro.

      Eu tenho utilizado a bolsa apenas para especular. A minha carteira de hold que montei ano passado já está quase toda zerada rsrs. Fora isso, não consigo enxergar boas alternativas de investimento a longo prazo dentro do mercado financeiro. Para os investidores que desejam manter uma boa rentabilidade, não seria má ideia partir pro empreendedorismo. É uma das poucas opções que sobraram para garantir "um bom dividendo" e proteção contra inflação.

      Abcs, bons negócios

      Excluir
    2. Empreender é tudo de bom...
      Beneficia não somente o empreendedor, mas toda a economia...

      Excluir
  12. Finanças,Bingoooooooo.rsr,Olha a Vale......
    Concordo,Apoiado,Carimbado Finanças Para Ministro da Fazenda,Vamos por Pessoal Competente.
    Dilma Faliu Loja de R$ 1,99
    Mantega,Esse ai não Quero nem Para Anotador de Jogo de Bicho.kkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha boa!

      Sabia que você iria pular na vale! Agora é só proteger o lucro!

      Excluir
  13. O que acontece com a PetroBomba? Queda de 4,3%!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sir Income,

      Bombou pra baixo rsrs... Detonou pivot de baixa, cortando a banda de bollinger inferior. Tá sem chão no intraday.

      Abcs, bons trades

      Excluir
    2. Acabei de fazer uma trava de alta. Não acreditei que poderia cair mais hoje. rs Queda de 5%! Vai ter bala na agulha assim... rs

      Breakeven em 19,56... Acho que tem um suporte perto desse valor. Agora é sangue frio e seguir o plano.

      Abraços,
      Sir Income

      Excluir
    3. Sir Income,

      Boa sorte! Vamo que vamo!


      Abcs, bons trades

      Excluir
  14. Bolsa quase 60K. Se a queda continuar nesse ritmo, vai ficar bom.

    Selic baixa com IBOV baixo, poupança nem pensar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só trade mesmo pra "salvar" e mesmo assim seguindo na balada dos ursos, porque são eles que estão no comando.

      Abcs,

      Excluir
  15. FI, curiosidade... banco te ligou oferecendo credito? Apareceram 2 no meu blog dizendo q banco ligou hj, e ligaram p mim tb
    estão distribuindo credito??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ostra,

      Não ligaram. Aliás eles nunca me ligam, ainda bem rsrs...

      Talvez seja uma estratégia meio que desesperada dos bancos para tentar liberar crédito para clientes de risco mínimo e ao mesmo tempo baterem a meta (sim, até para empréstimos existem metas a cumprir). Pode ser um efeito da concorrência do BB e Caixa. Interessante, parece que os bancos privados não estão conseguindo competir com as taxas dos bancos públicos...

      Abcs, bons trades

      Excluir
  16. Olá FI, parece que a Usim5 chegará nos 10 antes do previsto, é perigoso pois pode dar um repiquezinho e depois mergulhar de vez, ainda tem folga pra queda;
    Ivn

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivn,

      Viu? USIM% perdeu aquela região que havíamos comentado e desceu a ladeira. AT funcionando que é uma beleza.

      Abcs, bons trades

      Excluir