terça-feira, 30 de outubro de 2012

Sandy vai embora e carrega junto o sensacionalismo da mídia


O impacto econômico causado por uma das piores tempestades dos últimos tempos nos Estados Unidos será, felizmente, bastante limitado. De acordo com a rede de TV CNBC, os prejuízos estimados giram em torno de 10 bilhões ao dia. Este é um número sensivelmente baixo se observamos o nível de gravidade relevante deste evento climático atípico atingindo uma das regiões mais populosas e produtivas do planeta.

O PIB (Produto Interno Bruto) dos Estados Unidos poderá sofrer uma ligeira queda no curto prazo (praticamente insignificante). Isso porque os prejuízos econômicos serão recompensados pelos esforços para reconstrução imediata da infraestrutura, residências e prédios afetados, entre outros danos causados pela tempestade.

Felizmente o Furacão Sandy foi rebaixado para categoria ciclone nesta terça-feira, perdendo força ao entrar no continente (como normalmente ocorre), o que certamente evitou um desastre de proporções maiores e permitirá que a cidade de Nova York retorne à sua rotina a partir de amanhã, inclusive com a reabertura de Wall Street.

Milhões de famílias foram afetadas nos Estados Unidos e infelizmente um número pequeno de pessoas acabaram morrendo com a passagem da tempestade. Apesar de tudo estamos mais do que acostumados a ver imagens de inundações no Brasil causadas por uma chuva de 30 minutos. Um metrô que é subterrâneo obviamente sofrerá inundação. Árvores evidentemente serão arrancadas/derrubadas por enchentes ou qualquer outro motivo. Carros não foram feitos para andar sob a água e serão inundados por motoristas aventureiros independente de qualquer situação. E por último, a imagem de um guindaste que não caiu, pendurado no prédio (talvez simbolizando a superação do otimismo e perseverança), é uma forma de dizer “cala boca” à todos que se aproveitaram desta situação para “vender um desastre que não aconteceu”. Para finalizar, vale a reflexão: a mídia é sensacionalista, mas nós a sustentamos.

O que realmente aconteceu foi uma aula de organização e integração entre diversos órgãos do governo para prevenção de um desastre sem precedentes em uma região extremamente populosa. Isso no final das contas é o que realmente importa e não a contagem dos poucos que infelizmente, faleceram.

O pregão na Bovespa funcionou mais uma vez com baixo volume financeiro devido à ausência dos investidores estrangeiros norte-americanos. Alguns investidores institucionais nacionais podem estar aproveitando esta brecha no mercado para levantar alguns papéis, já que o desempenho do índice (refletindo também as carteiras) este mês é negativo até o presente momento.

Entre o fundo de ontem (56.6k) e a máxima de hoje (57.6k), são 1.000 pontos de alta no índice Bovespa. Com a reabertura de Wall Street na próxima quarta-feira, podemos esperar aumento de volatilidade aqui no Brasil e acerto de algumas posições. Na verdade a semana começa “pra valer” amanhã, mas esta alta de hoje favoreceu à confirmação do fundo desenhado levemente acima do suporte em 56.2k.

Gráfico diário do índice Bovespa

18 comentários:

  1. Sensacionalismo demais o jornal nacional pensei que o mundo tinha acabado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Tudo bem que eles vendem notícia, mas acho que tudo tem um certo limite. No final das contas o leitor/telespectador acaba recebendo uma informação de baixa qualidade.

      Abcs, bons negócios

      Excluir
  2. Semana curtíssima essa. Começará na quarta e terminará na quinta. Junto com o final e início de mês.
    Mas vamos lá, faz parte da vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Exatamente, semana bem atípica. O candle do semanal poderá ficar comprometido.

      Abcs, bons trades

      Excluir
  3. aqui no Brasil qualquer chuvisco mata muito mais gente que essa tempestade nos EUA, daí já dá pra ver aonde é o primeiro mundo.
    IvanC.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivan C,

      Descaso com o dinheiro público. Lá a sociedade recebe o retorno dos impostos pagos, aqui parece que vai tudo pro ralo...

      Abcs, bons trades

      Excluir
  4. paulo baptista

    É por coisas destas e outras semelhantes que tenho uma certa admiração pelos USA.
    Por exemplo,cá em Portugal bastava uma catastrofe natural,para metade da população passar a viver o restos dos seu dias na miseria,a menos que claro como ja é habito emigrassem...
    O mesmo se pode dizer em relação a crise Europeia,para sairmos dela vai ser o cabo dos tormentos,e como ainda nos lembramos da recente crise de subprime nos USA onde faliram centenas de instituições bancarias e ainda salvaram mais outras tantas centenas largas e conseguiram dar a volta por cima...
    De uma forma geral nos olha-mos nos olhos de um cidadão americano e vemos como eles tem uma vivacidade fora de comum pelo mundo fora e com um orgulho a patria como não visto em mais parte nenhuma do Mundo!
    Mas havera sempre criticos,na minha opinião prefiro os USA a mandar no Mundo do que os chinêses,mas esta é apenas uma opinião,que me apeteceu partilhar convosco.

    Obrigado por ter este cantinho aqui onde deparo que o cidadão Brasileiro é aberto e falam o Português,ao contrario de aqui em Portugal fala-se dos mercados com expressoes estrangeiras,não legendaveis e muitas etiquetas.
    Abraços para todos


    Abraços pra todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Paulo Baptista,

      Aqui é a nossa casa. O espaço é aberto para expressarmos nossas opiniões e todos são muito bem vindos! Concordo com você, os Estados Unidos não chegaram à potência mundial por acaso e vai ser muito difícil perder este posto. São um exemplo a seguir em vários campos, exceto o de alimentação (acho que os americanos comem "fast food" demais). Mas a organização, agilidade, comprometimento com o trabalho e tomada de decisão tanto do setor público, quanto do setor privado são impressionantes. Os chineses precisam aprender muito ainda com os americanos, principalmente no que se refere à liberdade e democracia.

      Abcs, bons negócios

      Excluir
    2. Deus te ouca FI, porque nao consigo imaginar um mundo dominado pelos chineses.. seria o comeco da apocalipse em relacao a democracia......

      Excluir
    3. Mariko,

      Pode ficar tranquilo porque os chineses não irão dominar o mundo. Já atingiram o limite máximo de um modelo de crescimento que já começa a fazer parte do passado, não conseguem crescer 10% ao ano com tantos gargalos econômicos deixados pra trás. Daqui pra frente (processo longo, pode se prolongar para os próximos 5 - 10 anos) vamos ver outra China, muito mais voltada para o mercado interno e menos competitiva no mercado externo com aumento dos custos de produção (principalmente salários e condições de trabalho). Seu campo de influência, se bem sucedido, ficará restrito ao continente asiático e mesmo assim terá que dividir esta farda com o Japão.

      Abcs, bons investimentos

      Excluir
  5. Olá FI!

    Ainda bem que não foi tudo que esperavam e tem que ver se essas mortes realmente tem alguma relação com o evento porque a mídia também faz isso, pega mortes quaisquer e relaciona pra dar impacto.
    Essa semana foi péssima para trades, temos um feriado na sexta-feira agora (dia 2) e ainda com estas paradas da Bolsa de NY não houve volume decente pra se confirmar nenhum movimento... Vamos torcer para que melhore logo.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, volume vai ser baixo acho que hj e amanhã, pois amanhã já dá aquela diminuida por causa da aproximação do feriado, semana perdida para trades.
      Ivan c,

      Excluir
    2. É meus amigos, esta semana eu fiquei só observando também. Não armei nenhuma operação rsrs... Gosto de operar com boas condições de risco x retorno. Mas mercado tem todo dia, uma hora aparece alguma oportunidade.

      Abcs, bons negócios a todos

      Excluir
  6. Parabéns.
    Muito lúcido e claro tua colocação quanto o papel que a empresa adora fazer.7

    Eduardo

    ResponderExcluir
  7. Eu me divirto com a midia sensacionalista, dei audiência para a Fox News esses dias :P

    pelo q li estão estimando um custo maior q 50b (e alguns mais dramaticos estimam o dobro), o furacao Irene q foi bem menor custou acima de 15b.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ostra,

      É pra dar risada pra não chorar rsrs... Cada um possui uma metodologia pra calcular estes custos, alguns colocam nesta conta até a água que você comprou no supermercado pra estocar em casa. No que se refere à reconstrução da infraestrutura e reforma de alguns prédios/residências este custo será "ótimo" para a economia. Gera emprego, aumenta o consumo. Ruim mesmo só para as companhias seguradoras.

      Abcs, bons investimentos

      Excluir
  8. paulo baptista


    É isso ai FI,eles relamente sao obcecados por hamburguer,kkkk.

    Hoje o mercado esta a pegar com força,será apenas por causa dos pedidos subsidios desemprego cairam e logo gira para traz,vou esperar para ver o que acontece amanha...!
    Eu tambem tenho observado que apôs os relatos do Q3 mesmo naqueles que superam as estimativas e orientação logo começam a realizar lucros.
    A questão aqui que me esta atormentar é se quando acabar a esta rodadade resultados,o mercado vai pegar feio de novo.Em algumas empresas aqui na Europa eles tem dado fracas expectativas para o Q4 e que FY13 tambem vai ser ainda mto desafiante.Asssim fica dificil!

    ResponderExcluir