segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Negociações avançam em semana decisiva


Um provável acordo entre Republicanos e Democratas, a fim de se evitar o abismo fiscal, pode estar no forno pronto pra sair no final desta semana. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o presidente da Câmara dos Deputados, John Boehner se reuniram hoje às portas fechadas na Casa Branca.

A partir desta reunião as negociações deverão avançar significativamente ao ponto de se fechar um acordo antes do Natal. São as duas peças-chave mais importantes que envolvem este impasse político com alto poder de manobra para negociação. John Boehner é o político de maior influência/poder de decisão sobre o partido Republicano e Brack Obama, sobre o partido Democrata.

John Boehner já começou a se aproximar das exigências do presidente dos Estados Unidos para fecharem um acordo sobre o abismo fiscal. A proposta dos republicanos, para aumento dos impostos sobre os mais ricos, já abaixou para aqueles que possuem renda anual superior a 1 milhão de dólares, mas Obama quer este patamar definido em 250 mil dólares. Isto é, na proposta de Obama, o cidadão norte-americano que ganhar acima de 250 mil dólares perderá a isenção de impostos estabelecida no governo Bush.

Já prevendo um acordo a ser aprovado na Câmara dos Deputados (maioria republicana), no final desta semana, o líder democrata do Senado, Harry Reid, confirmou hoje que o Senado irá retomar os trabalhos logo após o Natal. O Senado americano precisa chancelar o acordo firmado na Câmara antes do dia 31 de dezembro (prazo final para evitar o abismo fiscal).

Wall Street reagiu positivamente ao avanço nas negociações entre Republicanos e Democratas. O índice Dow Jones fechou na máxima do dia confirmando fundo acima da linha dos 13.1k. Com este movimento é de se esperar um novo teste sobre a LTB principal que vem do topo em 13.6k.

Índice Dow Jones

No Brasil o índice Bovespa fechou o pregão de lado soltando mais um doji de indecisão abaixo da forte linha de resistência dos 60k. Já são 4 pregões seguidos de aproximação/teste nos 60k sem tentativa de rompimento, aumentando as possibilidades de entrada de operações vendidas.

Índice Bovespa

Porém, deve-se destacar que o mercado brasileiro não acompanhou a arrancada no final da tarde em Wall Street (devido ao descompasso de horários), movimento que por sua vez foi responsável pela mudança de cenário de curtíssimo prazo no índice Dow Jones. Portanto, “os touros brasileiros” ganharam uma chance de entrar amanhã para atacar de vez os 60k e espantar os ursos no curtíssimo prazo.

2 comentários:

  1. FI,

    Queria fazer uma pergunta baseada na seguinte notícia:

    "Fundo que investe em agências do BB movimenta quase meio bilhão de reais em 4 dias.
    O fundo imobiliário BB Progressivo II (BBPO11), que investe em agências do Banco do Brasil, já movimentou R$ 464 milhões em apenas 4 dias de negociações na BM&FBovespa. O fundo estreou na bolsa no último dia 12, com um volume de negócios de R$ 366 milhões."

    A pergunta é a seguinte:

    Se o valor das contas foi baseado no Cenário FII, avaliado em 1.6 bi, e o Cenário Mercado aberto foi avaliado em 1.2 bi,
    esse valor de lançamento das cotas não estaria muito caro?

    Na página 429 do propécto existe o texto abaixo:
    "Diante dos critérios expostos, concluímos os seguintes valores de mercado de compra e
    venda dos empreendimentos avaliandos para a data base de julho/2012:

    Valor dos Imóveis (Cenário Mercado aberto): R$ 1.257.230.976,00
    (hum bilhão duzentos e cinquenta e sete milhões duzentos e trinta mil novecentos e
    setenta e seis reais)

    Valor dos Imóveis (Cenário Sale & Lease Back BB): R$ 1.322.593.113,00
    (hum bilhão trezentos e vinte e dois milhões quinhentos e noventa e três mil cento e
    treze reais)

    Valor dos Imóveis (Cenário FII): R$ 1.647.817.877,00
    (hum bilhão seiscentos e quarenta e sete milhões oitocentos e dezessete mil oitocentos
    e setenta e sete reais)"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sandro Rusten,

      Com toda certeza. O valor está inflado. O banco aproveitou a oportunidade (mercado aquecido de fundos imobiliários) pra fazer caixa e o mercado pagou pra ver, devido ao risco baixo deste FII. Eu mesmo entrei na oferta, mas não esperava que o rateio fosse tão baixo, então resolvi acabar ficando com as minhas cotas.

      Abcs, bons investimento

      Excluir