quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Mais barato do que o previsto


A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) divulgou uma informação importante e positiva para melhorar um pouco a competitividade da indústria brasileira. A energia elétrica poderá ficar até 32% mais barata para as grandes indústrias, superando as expectativas do mercado. Para residências e comércio a redução será de 18%.
Em setembro do ano passado, às vésperas das eleições municipais, a presidente Dilma havia declarado em rede nacional que a redução da tarifa de energia seria, em média, de 16% para residências e comércio e de até 28% para a indústria. Mesmo com a resistência de algumas companhias elétricas em renovar as concessões conforme as recomendações exigidas pelo governo, o corte será maior do que o previsto pelo próprio governo.
Mas como isso será possível? Romeu Rufino, diretor da Aneel, informou que estes os valores excedentes serão bancados pelos recursos do Tesouro Nacional. Inicialmente estava previsto para o Tesouro bancar cercar de 3,3 bilhões de reais para garantir os cortes nas contas de luz. Estima-se que este valor subirá para a casa dos 8 bilhões de reais.
O Tesouro nada mais é do que o caixa do Brasil. Os recursos que compõe este caixa são oriundos dos impostos pagos por todos nós, emissão de dívida pública no mercado e demais recebimentos creditados na conta da União. Em outras palavras, os nossos impostos irão financiar parte da redução na conta de energia elétrica e se o governo precisar captar este recurso no mercado emitindo dívida, a conta poderá ser ainda maior. 8 bilhões ao custo de uma taxa básica de juros de 7,25% ao ano.
Ainda assim o barateamento na conta de luz é positivo para melhorar um pouco as condições de negócio, atualmente deterioradas, na cadeia produtiva. A única dúvida que resta no momento está relacionada ao preço da energia gerada pelas usinas térmicas, que representam um custo de geração mais elevado. Mas o diretor da ONS (Operador Nacional do Sistema) chegou a admitir que o governo poderá encontrar uma forma deste repasse de energia mais cara não ser pago somente pelo consumidor final.
No cenário externo a Câmara dos Estados Unidos aprovou hoje a suspensão do teto da dívida do país até 19 de maio deste ano. A medida será aprovada também no Senado e permitirá que democratas e republicanos tenham tempo suficiente para buscar um acordo sobre o orçamento e endividamento do país.
Balanços corporativos também colaboraram para a continuação do movimento de alta em Wall Street. O índice Dow Jones já encostou na última resistência forte abaixo do topo histórico. A tendência de alta segue forte, porém o índice trabalha sobrecomprado no curto prazo, elevando os riscos de operações compradas de curto prazo.


No Brasil o índice Bovespa conseguiu se manter acima da linha central de bollinger e atacou a LTB de curto prazo formada a partir do topo em 63.5k. Caso esta linha de tendência de baixa seja rompida amanhã, as condições serão favoráveis para novo teste sobre a resistência em 63.5k.


14 comentários:

  1. FI,
    Ao invés de pagarmos de forma direta pagaremos de forma indireta agora.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jônatas,

      Resumiu bem rsrs... Isso aí.

      Abcs,

      Excluir
    2. De qualquer maneira, acaba sendo uma certa "desoneração fiscal". O dinheiro no tesouro historicamente não é bem gasto. Melhor ele no meu bolso. Melhor ainda incentivando a industria e gerando investimento privado.

      Excluir
    3. Galo da Comarca,

      Sim, o problema é que os ralos não serão tapados. Este recurso é uma conta extra a pagar. Mas acho que o mais importante para o governo nesta história toda é que ele conseguiu sair mais fortalecido ainda. O discurso da Dilma ontem derrubou de vez a oposição. Caíram na jogada do PT.

      Abcs, bons negócios

      Excluir
  2. Outra "manobra contábil" para deixar a inflação abaixo do teto. Esperto esse governo! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mairlo,

      Infelizmente somos mestres nisso. Até o Financial Times chegou a ironizar o nosso "jeitinho brasileiro".

      Abcs, bons negócios

      Excluir
  3. Parece cada vez mais claro que tanto a bolsa como a economia do Brasil existe somente para financiar os gastos do governo....
    E como o governo capta dinheiro do mercado atraves dos seus titulos publicos, que se dane a bolsa de valores... rs
    So quero ver quando a galinha de ouro parar de botar os seus.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Nossa eu nem quero ver rsrs.. O governo quer mesmo é que uma parte destes recursos no mercado financeiro seja revertido para a economia real. Ele quer ver o investidor virar empreendedor. O problema é que as condições são desfavoráveis para quem não tem conhecimento e/ou prática sobre o segmento, em ambos os casos.

      Abcs, bons investimentos

      Excluir
  4. Se o Governo vai bancar esses até 8 bilhões , não seria mais fácil e coerente reduzir o imposto na proporção que chegue a este valor?!
    Eduardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eduardo,

      Em tese sim. Mas reduzir o imposto vai impactar a arredação do governo e consequentemente complicar ainda mais a meta de superávit primário. Emitir dívida já não causa impacto no primário.

      Abcs, bons negócios

      Excluir
  5. Respostas
    1. Investidor Zé Ninguém,

      Os níveis dos reservatórios subiram nas últimas semanas. Temporada de chuvas. Acho que não teremos problemas quanto ao fornecimento de energia, apesar dos corriqueiros apagões em algumas cidades (ruas/bairros/etc, que pouco se comenta). Mas se não chover (possibilidade remota) aí podemos sofrer desabastecimento de energia.

      Abcs, bons invesetimentos

      Excluir
  6. Olá, DJ está com sinais claros de exaustão do movimento, sinal vermelho aos comprados!!
    Grande teatro vi ontem na Tv, vçs acreditam que irá baixar as contas?? Os estados já estão pra subir as aliquotas de Icms para compensar possíveis perdas de arrecadação, aqui na PB o governador já avisou que subirá o imposto!!
    Ivngomes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivngomes,

      Na conta sim, haverá redução. Mas como disse o Jônatas, indiretamente vamos continuar pagando. Dow Jones abriu forte hoje, mas ainda acho muito arriscado operar comprado pra curto prazo por lá.

      Abcs, bons trades

      Excluir