segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Medo da Itália


Os receios quanto aos resultados das eleições italianas fizeram Wall Street sucumbir nesta segunda-feira. Aumentaram os temores no mercado de que a Itália possa sair destas eleições com um Parlamento totalmente dividido, reflexo da ascensão dos candidatos de oposição. Basicamente o que aconteceu hoje está relacionado no último post de sexta-feira da semana passada ("Seria trágico se não fossecômico").

Três canais de televisão italianos estão informando que não há uma maioria dominante entre a coalização de centro-direita, de Pier Lugi Bersani, (a favor da continuidade das medidas de austeridade adotadas durante a gestão de Mario Monti) e a coalizão de centro-esquerda, de Silvio Berlusconi, (contra as medidas de austeridade, considerado uma ameaça à estabilidade da zona do euro). Bersani possui leve vantagem, mas o Parlamento italiano ficará totalmente dividido.

Um Parlamento dividido torna-se num verdadeiro obstáculo para o governo seguir com os programas de austeridades fiscais tão necessárias para que a Itália consiga respirar. Ou em outras palavras, ter acesso aos mercados, reduzir o seu endividamento no longo prazo e voltar a crescer de forma sustentada.

Esta incerteza colaborou para a disparada da volatilidade do mercado (medo da Itália) e consequentemente os índices despencaram em Wall Street. Dow Jones perdeu a zona de congestão de curto prazo com um candle de força relevante.

Queda no índice Dow Jones
  
Antes deste movimento de queda brusca houve uma nova tentativa de rompimento da região psicológica dos 14k rechaçada pelo mercado. A perda da zona de congestão de curto prazo poderá jogar o índice para a região de suporte em 13.6k.

No Brasil o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, confirmou hoje que “a autoridade monetária vai reagir à volatilidade nos mercados de câmbio” (ou seja, o dólar tende a permanecer estacionado nesta região de R$ 1,90 a R$ 2,00) e acrescentou dizendo que “o governo está trabalhando para ancorar as expectativas de inflação em direção à meta oficial de 4,5%”. Este comunicado reforça o sentimento de retomada do ciclo de aperto monetário nos próximos trimestres.

O índice Bovespa abriu o pregão em alta, atingindo o primeiro objetivo do repique (teste na LTB mais rápida). Após o teste nesta linha de tendência o mercado voltou a cair e fechou com um candle de indecisão, colocando em risco a permanência do movimento de repique nos próximos pregões.

Indecisão no índice Bovespa

10 comentários:

  1. E a alta de 35%no VIX? Acho que tem mais a ver com abismo fiscal que Italia.
    Essa semana promete
    Abc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      A volatilidade disparou no momento em que saíram as notícias referente às eleições italianas. A questão do abismo fiscal está mais do que mastigada, penso eu, mas pode ser um driver para derrubar o mercado. Na verdade as notícias são meras coadjuvantes, quando os players começam a vender até notícia boa fica ruim rsrs...

      Semana promete mesmo! Começou pegando fogo.

      Abcs, bons negócios

      Excluir
  2. Olá Fi, a matriz está fechando depois daqui?? Estranho este descolamento de hoje;
    Ivan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ivan,

      Sim, está fechando depois daqui. O bicho pegou no final do pregão em Nova York, medo com relação à Itália. Amanhã podemos abrir pressionados.

      Abcs, bons trades

      Excluir
  3. FI, boa noite
    estou pensando em aumentar a posição na VALE5 (tenho ela ao preço médio de R$37,20) e entrar também na PETR4, que ao meu ver, apesar dos pesares, está descontada.
    O que você acha dessas opções? A Vale tá caindo tanto por causa da queda das commodities?
    Obrigado e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoffnung,

      São empresas que estão descontadas e com razão, principalmente com relação à Petro. Eu particularmente estou de fora e não tenho a mínima vontade de fazer negócio nesses preços. Acho mais viável (relação risco x retorno) segurar uma LTN de curto prazo que pague 9% ao ano, ou uma LCI, do que segurar uma Petro ou Vale por 3 anos, haja vista que as intervenções do governo estão aumentando cada vez mais e causando impactos relevantes nestas companhias.

      De qualquer maneira, mantendo a tendência de queda, pode compensar começar a comprar um pouco de Vale perto dos 31,00, que é uma região de suporte importante. O preço do minério de ferro disparou nos últimos meses (na verdade uma recuperação) está beirando os 150,00 dólares a tonelada, está num patamar muito bom. Não é isso que está impactando a Vale e sim o próprio governo que está de olho nos royalties do minério de ferro. Petro é de chorar, ativo está muito barato, mas enquanto o governo continuar mandando lá dentro o papel dificilmente entrará numa tendência de alta no médio/longo prazo. Enfim, o problema destas duas empresas é um só. O governo. Enquanto este problema se persistir, ficará difícil investir nestes ativos. Definitivamente este (problema) não é o melhor sócio para o minoritário, existem outros melhores na praça.

      Abcs, bons investimentos

      Excluir
  4. Realmente a vida dos minoritarios esta complicada. E pra completar o pmdb quer mais cadeiras na petro. Eh o fim mesmo!!
    E na Elpl4 a briga ta grande entre comprados e vendidos. Ai fica a duvida sera que esta acumulando ou distrinuindo??
    ivan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivan,

      É o fim da picada.

      Sobre a ELPL ainda há muita incerteza no ar. Acho que não está acumulando porque nem os insiders sabem se o preço da ação hoje pode estar muito barato, ou não. Isso é impossível de saber no momento. Poderia chutar que a empresa está barata, mas não passa de um simples chute. Por enquanto não invalidou a tendência de baixa no médio e longo prazo. Vamos monitorando, quanto mais cai, mais interessante fica rsrs...

      Abcs, bons trades

      Excluir
  5. FI, a PETR3 já vem ruim das pernas desde o inicio de 2010. No entanto ao descer o morro proporcionou dois repiques bastante significativos (29% em iniciado em Outubro/10 e 46% iniciado em setembro/11). No momento estamos prestes a tocar novamente nesta linha de retorno. Não lhe parece um bom momento para apostar num novo repique? Obrigado e parabéns pelas análises.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Sim, para especular. O momento pode ser bom para operar compra contra tendência, pois o stop está barato e o índice Bovespa está ensaiando uma pernada de repique mais prolongada, já que conseguiu formar um fundo ascendente no intraday. Outras blue chips também estão formando regiões de fundos nos gráficos intradays.

      Abcs, bons trades

      Excluir