segunda-feira, 4 de março de 2013

China quer conter especulação imobiliária


O governo chinês anunciou na última sexta-feira, após os fechamentos dos mercados, que poderá aumentar os pagamentos obrigatórios e as taxas de empréstimo para os compradores de uma segunda moradia nas cidades onde os preços estão aumentando de forma significativa.

Esta é mais uma tentativa do governo para tentar inibir o avanço da especulação no mercado imobiliário chinês. Os mercados não reagiram bem à notícia, pois a construção de moradias é um dos grandes fatores que impulsionam o crescimento da economia chinesa. Um novo aperto no setor imobiliário poderá causar impacto negativo no PIB, além de reduzir a demanda por commodities do principal comprador mundial.

O clima de pessimismo com relação ao crescimento chinês afetou o desempenho do índice Bovespa nesta segunda-feira, diferentemente do que aconteceu em Wall Street. As notícias ruins abatem com maior facilidade os mercados em tendência de queda, que no nosso caso, contam ainda com a baixa confiança, credibilidade e transparência da política econômica do governo federal.

Apesar da queda, o índice Bovespa conseguiu respeitar a primeira região de suporte de curtíssimo prazo, nos 56k. A manutenção desta linha de apoio abrirá espaço para um teste na (nova) LTB de curto prazo.


Nos Estados Unidos o índice Dow Jones fechou o pregão desta segunda-feira em leve alta, espremido entre a região dos 14k e máxima histórica, por onde deverá permanecer oscilando nos próximos dias.


Apesar da notícia na China, o giro financeiro nas praças mundiais foi relativamente baixo. Alguns operadores estão aguardando definição do cenário político italiano (reflete em toda a zona do euro) e evolução das negociações entre Republicanos e Democratas nos Estados Unidos.

5 comentários:

  1. O Brasil tem forte intervenção do Estado na economia, mas a China dá de 10 a 0 "ni nóis", ô loco meu! rsrsrs!!
    E mesmo assim, lá, mesmo a mão forte do Estado, cresce muito mais do que aqui... equipe econômica + Estado, mais entrosado do que os brasucas!!
    Abraço.
    http://defendaseudinheiro.com.br/investir-em-acoes-de-banco-e-certeza-de-ganhar-dinheiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vilmar,

      Verdade. Lá a intervenção do Estado é significativamente maior, tal como o investimento. A diferença é que os chineses fazem de uma maneira aceitável (para não dizer correta), na base da cadeia produtiva, por isso conseguem manter o crescimento forte por vários anos/décadas e conseguiram se tornar o grande chão de fábrica do planeta. Além disso os chineses abriram sua economia (enquanto nós fechamos), construíram inúmeros acordos/parcerias comerciais e hoje são quase que uma referência em toda a Ásia. Mas o mercado imobiliário é o grande tendão de aquiles do governo chinês, aquelas cidades fantasmas são assustadoras e a especulação se mantêm exageradamente elevada (nem se compara com a brasileira).

      Abcs, bons negócios

      Excluir
  2. Frajola agora faz comentários aqui para divulgar seu site... esse cara não vale nada mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Ivan,

    Nossa amiga ELPL fez o favor de visitar a casa dos 10,XX pela primeira vez. Mas eu quero mesmo é lá perto dos 10,00 pra fazer negócio. De olho nela.

    Abcs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fi, os comprados hoje jogaram a toalha, fortes emoções daqui pra frente!!
      Sim vamos aguardar os R$ 10 na Elpl4 rsss, o mercado não perdoa mesmo!!
      Ivan

      Excluir