quarta-feira, 22 de maio de 2013

Ata do FED carimbou topo no Dow Jones


O discurso de Ben Bernanke, presidente do FED (Federal Reserve – Banco Central dos Estados Unidos), realizado hoje pela manhã no Congresso norte-americano animou o mercado de capitais impulsionando os principais índices de Wall Street para o que seria mais um dia de alta.

Bernanke disse que uma retirada prematura das medidas de estímulo do Banco Central colocaria a recuperação da economia norte-americana em risco. O mercado entendeu o recado supondo que o FED continuará com os programas de estímulo por mais alguns meses, ou até o final deste ano (pelo menos).

Mas no final da tarde o clima mudou completamente após a divulgação da ata da última reunião do FED, realizada no dia 01/05/2013. O documento mostrou que alguns membros do colegiado (ainda minoria) estão dispostos a reduzir o volume do programa de compras, atualmente em 85 bilhões de dólares, já na próxima reunião do FED a ser realizada no próximo mês (dia 16 e 17 de junho).

Esta redução precisa estar vinculada à melhora nos índices econômicos a serem divulgados nos próximos dias. Ou seja, mesmo para a minoria a favor dos cortes, os resultados precisam mostrar evidências de crescimento suficientemente forte e sustentável que garanta a redução da taxa de desemprego.

Mas então porque o mercado está ouvindo a opinião da minoria dos diretores do FED, divergente do documento oficial (que mostra a decisão da maioria do colegiado) e até mesmo da opinião do presidente da instituição? A possibilidade real de redução do programa de estímulo monetário no próximo mês é extremamente baixa.

O mercado está ouvindo a minoria do FED pois os índices acionários em Wall Street estão muito esticados, apresentando níveis de sobrecompra elevados. A bolsa precisa corrigir, até mesmo para manter saudável a tendência de alta de médio e longo prazo. Está faltando apenas um driver para impulsionar o movimento.

Por este motivo a ata do FED foi utilizada para carimbar o topo no Dow Jones, mesmo quando o documento esteja afirmando algo contrário ao sensacionalismo provocado pela mídia no mercado. Esta, por sua vez, é peça fundamental para motivar o aumento do medo ou sensação de incerteza dos investidores pessoa física que retornaram ao mercado norte-americano há pouco tempo.

O candle de pavio longo superior no Dow Jones pode ser considerado uma estrela cadente. Sinal mais forte de topo emitido este ano pelo gráfico diário. Houve aumento considerável de volume, o que corrobora para sinalização de reversão da tendência de curto prazo. O índice tende a continuar caindo nos próximos dias, se aproximando, inicialmente, da linha central de bollinger.

Dow Jones

A reunião de emergência do grupo Cobra (comitê de segurança do governo inglês que cuida dos incidentes de alta gravidade, inclusive aqueles que podem comprometer a segurança nacional), convocada pelo primeiro-ministro britânico, David Cameron, colaborou para o aumento do clima de aversão ao risco no mercado. Um soldado foi morto em Londres sob suspeita de incidente terrorista.

No Brasil o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão anunciou o corte de 28 bilhões de reais em gastos no orçamento de 2013. O número é significativamente inferior aos cortes anunciados em 2011 (50 bilhões de reais) e 2012 (55 bilhões de reais). Isso significa que o governo está economizando menos, adotando uma política fiscal mais expansionista.

Ironicamente o ministro Mantega disse hoje que a política fiscal do governo não contribui para pressionar a inflação. Obviamente a afirmação do ministro está absolutamente errada. A desajeitada política econômica do governo, baseada no incentivo ao consumo (inclui aumento do gasto público), é uma das grandes responsáveis pelos elevados níveis de preços.


O índice Bovespa fechou o pregão desta quarta-feira em leve alta de 0,29%. Apesar da alta, o índice emitiu sinal de topo na região de forte resistência dos 57k. O rompimento desta região (57k) confirmaria o fim da tendência de baixa de médio prazo. Com a sinalização de hoje, pode-se esperar um novo teste sobre a LTA da tendência de alta de curto prazo iniciada na região dos 52.5k.

Ibovespa

11 comentários:

  1. É isso ai FI,tomara que sim,eu tou rezando por essa correção e que seja ai de uns 5/7% atê porque como vc diz é saudavel.E bom para entrar nalguns titulos que estou de olho e depois voltar na tendencia principal ate final do ano.


    Abraço
    Batistua007

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é meu amigo, tem muita gente esperando esta correção em Wall Street. Mercado que sobe sem realizar não é saudável e pode indicar estouro mais a frente. Acho que agora vai vingar rs.. É a sinalização mais forte de topo dos últimos 6 meses.

      Abcs, bons negócios

      Excluir
  2. Olá FI. E a Nikkei? Acabei de ver agora e vai acima de 1%. Não me lembro de ter visto alta como essa. Pelo visto ninguém quer realizar nada por lá. Certo que ainda está abaixo do resultado de meados de 2007, mas que ladeira acima hein? Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bom Zé Piu? Nikkei é um caso à parte pois o BoJ (Banco Central do Japão) está comprando ativos na bolsa de valores. Esta estratégia faz parte do seu programa de estímulo monetário extremamente agressivo visando tirar o país da deflação. Mercado extremamente eufórico, em pânico de alta. Já subiu quase 100% em menos de um ano e deverá subir muito mais com o BoJ atuando na ponta compradora.

      Abcs, bons investimentos

      Excluir
    2. Loucura total o que atê não me admira muito,queda 7% e limpou todos os lucros de 1 mês de uma rajada autentico crash.

      batistuta007

      Excluir
    3. Quase deu circuit break no Japão. Por isso é importante o índice subir alternando entre pernas de alta e de baixa (construindo uma tendência saudável). Nikkei subiu em linha reta. Esta queda está no nível da alta. Subiu forte, cai forte.

      Abcs, bons trades

      Excluir
  3. Bom dia. Estava quase indo pro Japão investir lá rsrsrs. É so realização ou algum problema. Abs e bons negócios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia. Na minha opinião é apenas uma realização. Está corrigindo no mesmo nível que subiu.

      Abcs, bons trades

      Excluir
  4. Aqui na Europa nem esta com muita força vendedora,e mto menos de uma forma generalizada de setores,tou com muitas duvidas que va haver uma correçao na dimensão de varios dias,vamos ficar atento...ansioso pela analise do nosso amigo FI para o dia de hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O PMI da Europa não saiu tão ruim. O mais importante agora é analisar de perto as condições técnicas do Dow Jones, pois ao que tudo indica, será apenas uma realização de curto prazo. A mídia está mais perdida do que nunca, dizendo que o FED pode interromper o estímulo monetário em junho rsrs... Não houve nenhum indicativo na ata e nem na fala do Bernanke de redução do programa de estímulo monetário no próximo mês.

      Abcs,

      Excluir