segunda-feira, 27 de maio de 2013

Bovespa tem dia de pregão irrelevante, mas amanhã é pra valer


A coincidência de feriados nas duas maiores praças financeiras mundiais praticamente paralisaram o mercado de capitais nesta segunda-feira. O feriado do “Memorial Day”, nos Estados Unidos, deixou Wall Street fechada, enquanto o feriado bancário no Reino Unido fechou o centro financeiro de Londres (um dos mais importantes do mundo).

Por conta destes feriados, o movimento das praças financeiras que funcionaram hoje se tornou irrelevante. O índice Bovespa fechou o pregão com um volume financeiro de pouco mais de 2 bilhões de reais. Para efeito comparativo, somente as duas principais ações do índice Bovespa (Vale e Petro), costumam apresentar, juntas, giro na casa de 2 bilhões por dia em pregões de mercado em pleno funcionamento.

O candle do Ibovespa (pequeno spinning top) também mostra o sinal de irrelevância, marcando um dia de indecisão provocado pela espera de importantes indicadores a serem divulgados nesta semana, bem como reabertura das praças financeiras em Londres e Nova York.


Nesta quarta-feira teremos a divulgação do indicador oficial do PIB brasileiro e decisão do Banco Central com relação à taxa básica de juros, onde se espera um novo aumento de 0,50 p.p., em linha com as últimas declarações dos principais diretores do Banco Central.

Com agenda vazia as atenções recaíram sobre o boletim Focus, divulgado toda segunda-feira pelo Banco Central. A maioria dos economistas consultados pela pesquisa espera uma elevação de 0,25 p.p. na taxa Selic este semana, diferente, portanto, da minha opinião.

A média das projeções para a taxa Selic em 2013 foi mantida em 8,25% ao ano. Vale ressaltar que estas projeções serão atualizadas (aumentarão) caso o Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) opte por elevar 0,50 p.p. na taxa básica de juros esta semana. A média das projeções para a taxa Selic em 2014 subiu de 8,25% para 8,50% ao ano.

A projeção para o PIB (Produto Interno Bruto) de 2013 foi reduzida de 2,98% para 2,93%. A projeção para o PIB de 2014 foi mantida em 3,5%. A perspectiva de inflação para este ano foi levemente elevada de 5,80% para 5,81%. Para 2014, a projeção de inflação foi mantida em 5,80%.

Por fim, as projeções para o déficit em conta corrente do país aumentaram para 72 bilhões de dólares neste ano, ante 70,90 bilhões da pesquisa anterior. Este é mais um (novo) indicador preocupante, negligenciado pelo governo.

2 comentários:

  1. Olá Fi, essa resistência é bem importante, está acontecendo abaixo de uma zona de fundo perdido, creio que deverá em breve o mercado tomar rumo!
    Ivan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ivan,

      Houve nova tentativa de rompimento dos 57k no intraday, rechaçada pela força vendedora com extrema maestria. Portanto, a resistência se fortificou. Este movimento de hoje pode ser o início de uma inversão na tendência de curtíssimo prazo. A confirmar pelo fechamento.

      Abcs, bons trades.

      Excluir