sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Fechamento das principais bolsas de valores


A sexta-feira de agenda fraca no mercado não provocou alteração no desempenho dos principais índices mundiais. O único destaque do dia ficou por conta da taxa de desemprego nos Estados Unidos que caiu de 7,6% para 7,4% no mês de julho, superando levemente as expectativas do mercado (7,5%).

O índice Dow Jones fechou a semana em alta, atingindo uma nova máxima história. Mercado em tendência de alta no curto, médio e longo prazo, sem resistências pela frente. Nível de sobrecompra voltará a se destacar nas próximas semanas com a manutenção da tendência, fato que aumentará o risco das operações compradas de curto prazo.


A bolsa de Frankfurt, na Alemanha, fechou a semana em alta mantendo o movimento de recuperação de curto prazo rumo à máxima histórica na região dos 8.6k.


Na Inglaterra a bolsa de Londres também subiu, realizando um movimento semelhante ao mercado alemão. A próxima resistência está posicionada na região dos 6.9k (topo histórico).


Na França a bolsa de Paris segue mantendo o forte movimento de recuperação desde o toque sobre a média móvel simples semanal de 200 períodos. O índice já se aproximou de sua principal zona de resistência do curto e médio prazo. A superação desta região aumentará a força da tendência de alta.


A bolsa de Xangai, na China, fechou a semana em alta, mantendo-se acima da importante linha de suporte na região dos 1.9k. Mercado segue dentro de uma zona de congestão de curto prazo e não apresenta sinalização de rompimento para baixo ou para cima.
  
  
A bolsa do México fechou a semana em alta, mostrando um forte movimento de recuperação após testar a LTA iniciada na região dos 179 pontos. Índice ficou bem armado para romper a resistência dos 278 pontos e buscar um toque na LTB do topo histórico nas próximas semanas/meses.


Na Índia a bolsa de Bombay fechou a semana em forte baixa, sentindo o efeito da linha de resistência na região dos 20.4k (última barreira abaixo do topo histórico). A linha central de bollinger foi perdida e o mercado poderá retornar para a base da zona de congestão de médio prazo na região dos 1.8k.


No Brasil o índice Bovespa fechou a semana em baixa, mantendo-se dentro de uma zona de congestão de curtíssimo prazo conforme podemos observar logo abaixo pelo gráfico horário:


A tendência é que o mercado continue oscilando entre os 48k e 49.4k, onde o rompimento de algumas destas linhas definirá a próxima pernada, abrindo oportunidades para abertura de posições curtas. A tendência de alta de curto prazo poderá ser finalizada com a perda da importante zona de suporte em 48k.

No Gráfico semanal do Ibovespa podemos observar o movimento de repique de alta dentro da tendência de baixa de médio e longo prazo. O fundo na região dos 44.1k ficará ameaçado somente com a formação de um novo candle de baixa.


Um ótimo final de semana a todos vocês!

10 comentários:

  1. FI,

    Para não passar em branco, a Dilma criou hoje a estatal "PRÉ-SAL PETRÓLEO" - PPSA - de cara 150 empregados permanentes, junto com 30 funções de gratificação.

    Isso tudo para administrar o pré-sal (não me pergunte se já tiraram alguma gota disso).

    Vamos ver até quando a bonanza de gastos do governo vai durar...rs.

    Abs.

    Miguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 10% da produção da PETR já vem disso

      Excluir
    2. compra la entao garotao.

      Excluir
    3. Miguel,

      Governo em ritmo de campanha eleitoral. É mais um cabide de empregos. Gasto desnecessário, pra variar.

      Abcs, bom final de semana

      Excluir
  2. FI,

    NO GRÁFICO DOS EUA É NÍVEL DE SOBRECOMPRA.


    ABRAÇOS.


    LUCIANO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não, é venda mesmo

      Excluir
    2. sim será bom pra vender daqui uns dias/semanas pois o mercado está sobrecomprado, havendo a possibilidade de correção a qualquer momento, obviamente operando no day trade ou swing pois a tendencia é clara de alta no médio e longo prazo.

      Excluir
    3. Obrigado Luciano! Já fiz a correção.

      Caio, no médio e longo prazo a tendência é de baixa. Ainda estamos em bear market.

      Abcs, bons trades a todos

      Excluir
    4. FI, estava me referindo ao Dow Jones =P

      Excluir
    5. Ah sim! Tinha achado até estranho rs.. Desculpe pensei que você estava se referindo ao nosso mercado

      Abcs, boa semana!

      Excluir