terça-feira, 12 de novembro de 2013

Ibovespa no fio da navalha


O respiro durou pouco tempo. O índice Bovespa voltou a cair forte nesta terça-feira, mostrando que o mercado ainda permanece sobre total domínio da força vendedora no curtíssimo prazo.

O movimento desta terça-feira foi relevante para definição das tendências de mercado em prazos maiores e demonstrou rápido contra-ataque da força vendedora sobre a tentativa de formação de fundo na importante região de suporte dos 51.8k.


Com este novo (e considerável) candle de baixa desta terça-feira, a linha de suporte na região dos 51.8k, que atua como divisor de águas no curto prazo, dificilmente conseguirá suportar a pressão do mercado e poderá ser rompida nos próximos pregões.

A perda deste importante patamar de sustentação confirmará o término da tendência de alta de curto prazo iniciada na região dos 44.1k, abrindo as portas para o índice Bovespa retestar regiões de suporte mais abaixo (próximo patamar em 49.5k).

Apesar da influência de algumas blue chips que cederam forte nesta terça-feira, o movimento de queda na bolsa ocorreu de maneira generalizada, alimentando a suspeita de desmonte de posições por parte de alguns investidores estrangeiros. O volume financeiro ficou novamente acima da média, atingindo a marca de 7,2 bilhões de reais.

Os mercados europeus também cederam, porém em menor intensidade. A bolsa italiana perdeu 0,54%. O mercado francês cedeu 0,61%. A bolsa de Frankfurt, na Alemanha, caiu 0,34%. Na Inglaterra, a bolsa de Londres recuou 0,02%, fechando perto da estabilidade.

Nos Estados Unidos, os principais índices de Wall Street registravam pequenas quedas no final da tarde, em linha com os mercados europeus.

A principal notícia do mercado externo ficou por conta do comunicado emitido pelo Partido Comunista chinês, após a importante reunião de quatro dias do Comitê Central, com objetivo de aprovar uma agenda de reformas para a próxima década. O governo prometeu destinar aos mercados um papel maior na alocação de recursos. Posteriormente serão divulgadas novas informações.

12 comentários:

  1. Eu estou um bocado recioso,uma vez que se a memoria náo me engana os meses de outubro/novembro teem pelo menos ultimamente de uma correção e consolidação respetivamente,assim como tem acontecido nos Emergentes,embora isso não tenha acontecido pelomenos para ja na Europa e nos EUA.Mas ate aqui tudo bem,o tormento é se a isso se aliar o tão badalado QE vem fazer uma emenda e os mercados vão ladeira abaixo,ou então nada disso vai acontecer e atê março do proximo ano ha margem para operar comprado.

    Mas estou a ver alguns titulos no mercado brasileiro a ficar apetitosos demais para poder ir mto mais abaixo!!

    batistuta007

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bolsa abaixo dos 50k começa a ficar interessante sim. Insuficiente para ser considerada barata, mas pelo menos irá atrair atenção de alguns gestores. Tudo vai depender, também, do fluxo dos estrangeiros, influenciado pela movimentação do dólar (variável mais importante no momento).

      Abcs, bons negócios

      Excluir
  2. Grande FI... os títulos do TD, por sua vez, estão começando a ficar bem atrativos, heim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, na semana passada tivemos um bom (novo) ponto de entrada quando a taxa disparou para 12,11%. Um oferecimento da política fiscal do governo federal e da política da negação ( http://www.financasinteligentes.com/2013/11/politica-da-negacao-causa-tensao-no.html ).

      Abcs, bons investimentos

      Excluir
  3. FI, concordo com você: dólar é a chave pra compreender o que está acontecendo com o mercado. Focando nisso, seria possível fazer uma análise específica do câmbio?

    Muito obrigado!
    Abraços,
    TR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bom TR?

      O dólar reverteu a tendência de baixa de curto prazo iniciada na região dos R$ 2,45. A moeda não atingiu o ponto ideal de compra naquela faixa de R$ 2,11 a R$ 2,08. O dólar conseguiu se sustentar na região dos R$ 2,17 e pegou impulso na semana passada após a divulgação do déficit fiscal.

      Mais uma arrancada forte no câmbio. Movimento relevante, pois desta vez a arrancada aconteceu mesmo com as intervenções do Banco Central. A possibilidade do continuar subindo nas próximas semanas é alta, mas não podemos desprezar a possibilidade de novas intervenções do governo.

      Abcs, bons negócios

      Excluir
    2. Muito obrigado por compartilhar mais essa análise, FI.
      Abraços,
      TR

      Excluir
  4. FI, bom dia,
    o que achas da BBAS3. Tô com preço médio na casa de 24. Será que é uma boa vender, manter ou comprar mais?
    Muito obrigado,
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Hoffnung,

      Excelente empresa. Mesmo aos R$ 26,00 está barata. Boa parte deste desconto no preço é justificado pela mão do governo na gestão do banco. Depende do seu prazo e da estratégia utilizada na operação. Mas não deixe uma posição ganhadora se transformar numa posição perdedora. Realize lucros parciais ou pelo menos proteja parte do seu ganho (stop). No curto prazo o papel está vendido. No médio e longo prazo o papel segue trabalhando dentro de uma boa tendência de alta.

      Abcs, bons investimentos

      Excluir
  5. Hiya. I noticwd your site title, "Blogger: Finan�as Inteligentes" does not really reflect the contrent oof
    your site. When creating your site title, doo yyou think
    it's best to write it for Search engine optimisation or for your visitors?
    This iis something I've been struggling with simply because I want great search rankings but
    at the same time I want the best quality for my website visitors.



    Here is my web-site :: Cheat Castle Clash

    ResponderExcluir
  6. Greetings! Quick question that's entirely off topic.
    Do you know how to make your site mobile friendly? My web site looks weird when browsing from
    my iphone4. I'm trying to find a theme or plugin that might
    be able to correct this issue. If you have any recommendations, please
    share. Appreciate it!

    my web site: Massage ()

    ResponderExcluir